Em mercados / bitcoin

O Japão irá dominar o mercado de Bitcoin? Diretor da FoxBit explica o caos gerado pela China

Programa "Mundo Bitcoin" desta terça-feira recebe Guto Schiavon, COO da FoxBit, para falar sobre o que está acontecendo no mercado de Bitcoin

SÃO PAULO - Após duas semanas de muita tensão no mercado de Bitcoin por conta dos rumores de que a China iria fechar todas as exchanges do país, os investidores começam a se acalmar novamente e os preços da moeda já passam por forte recuperação. Mas afinal, a China realmente tem tanto poder?

Para responder esta pergunta, o programa "Mundo Bitcoin" desta terça-feira (19) recebe Guto Schiavon, diretor de operações da FoxBit, que explica o quanto a China representa no mercado de bitcoin e porque este tipo de notícia afetou tanto os preços. Além disso, ele explicará as recentes notícias de que o Japão pode assumir esta parte do mercado deixada pela China.

Na última semana, o Japão voltou a se tornar o maior mercado de câmbio de Bitcoin com uma participação de mais de 50%. Os analistas atribuíram este aumento de participação à saída dos investidores de bitcoin da China.

Guto ainda tirou dúvidas de leitores e comentou sobre moedas como a LCFHC e a Kriptacoin, explicando também como identificar quando uma criptomoeda pode ser fraude e quando ela é "real".

"Mundo Bitcoin" vai ao ar todas as terças-feiras às 14h (horário de Brasília), no InfoMoneyTV. Mande dúvidas e sugestões pela transmissão no Facebook ou pelo e-mail bitcoin@infomoney.com.br.

 

Contato