Em mercados / bitcoin

Para analista que acertou rali do bitcoin, moeda pode valer US$ 100 mil em 10 anos

Quando o analista fez sua primeira análise, o bitcoin estava em US$ 754, e ele afirmou que o preço iria superar US$ 2.000 o que ocorreu este mês

Bitcoin
(Bloomberg)

SÃO PAULO - O preço do bitcoin tem o potencial de atingir mais de US$ 100.000 em 10 anos, o que representaria uma alta de 3.483% sobre o atual patamar, segundo um analista do Saxo Bank que acertou a previsão de que de criptomoeda iria superar os US$ 2.000 este ano.

Em dezembro, o banco dinamarquês publicou seu relatório anual com previsões acertadas sobre a moeda digital em 2017. Quando foi publicado o documento, o bitcoin estava em torno de US$ 754. No último dia 20 de maio, porém, a moeda superou pela primeira vez na história o nível de US$ 2.000.

Agora, em entrevista para a CNBC, o analista Kay Van-Petersen fez projeções de longo prazo ainda mais ousadas para a principal divisa digital do mundo. Segundo ele, estas criptomoedas - não apenas o bitcoin - irá representar 10% do volume médio diário do comércio cambial em 10 anos. Hoje o volume de câmbio é de cerca de US$ 5 trilhões.

A partir desta informação, Van-Petersen faz diversas contas para chegar ao resultado de sua previsão. Hoje, ele acredita que criptomoedas possam representar 10% deste volume diário cambial, ou seja, US$ 500 bilhões. O bitcoin, por sua vez, representa 35% deste valor, ou US$ 175 bilhões.

Com isso, o analista acredita que o valor de mercado da moeda digital seria cerca de dez vezes seu volume médio diário, dando um valor de US$ 1,75 trilhão. O valor do bitcoin hoje é de cerca de US$ 37,8 bilhões, segundo dados do CoinDesk.

Além disso, é preciso ponderar que o sistema da moeda limita sua quantidade em circulação, que se espera chegar em 21 milhões em 2140 - o limite máximo do algoritmo da moeda. Em 10 anos, o analista do Saxo Bank acredita que serão 17 milhões de bitcoins em circulação, contra atuais 16,3 milhões.

Por fim, considerando este número de 17 milhões de moeda, dividido pelo valor de mercado de US$ 1,75 trilhão, faria com que cada bitcoin tivesse valor individual de US$ 100 mil. Van-Petersen - que possui bitcoin - diz ainda que este é um cálculo aproximado, mas que suas previsões podem ser "conservadoras", uma vez que, no ano 2013, o preço do bitcoin cresceu mais de 5.000%.

 

Contato