Em mercados / bitcoin

Bitcoin ganhou US$ 1 bilhão em valor de mercado após Japão e Rússia regulamentarem a moeda

A moeda operava em torno de US$ 1.223 na tarde desta quarta-feira, contra US$ 1.124 no dia 5 de abril, segundo dados do site Coindesk

Bitcoin
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O Bitcoin já subiu cerca de US$ 100 desde a semana passada, voltando para níveis não vistos desde meados de março, próximo do recorde histórico a moeda, após o Japão legalizar a criptomoeda como forma de pagamento e a Rússia também sinalizar que está tentando regulamentá-la.

A moeda operava em torno de US$ 1.223 na tarde desta quarta-feira (12), contra US$ 1.124 no dia 5 de abril, segundo dados do site Coindesk. Com isso, o valor de mercado da moeda saiu de US$ 18,34 bilhões na semana passada para atuais US$ 19,5 bilhões. No fim do mês passado, a divisa caiu forte com os investidores questionando seu futuro, mas agora parece ter encontrado uma nova ancoragem para altas.

No início de abril, o Japão começou a aceitar o bitcoin como moeda legal, com grandes varejistas apoiando a nova regulamentação. A negociação da moeda em iene japonês é o segundo maior mercado líquido do mundo, de acordo com dados compilados pela plataforma de negociação Gatecoin.

Enquanto isso, a Rússia, um dos oponentes mais fortes do bitcoin, está buscando regular a moeda. O vice-ministro russo das Finanças, Alexey Moiseev, disse a Bloomberg em entrevista nesta semana que o governo espera reconhecer a criptomoeda como um instrumento financeiro legal em 2018 para combater a lavagem de dinheiro.

 

Contato