InfoMoney app

Experimente!

Bitcoin pode disparar para US$ 100 mil ainda este ano, diz analista técnico

Analista Fausto Botelho foi o convidado do programa Bloco Cripto desta terça-feira

 01 ago, 2018 12h45

Por: Rodrigo Tolotti Umpieres

SÃO PAULO - Apesar da queda nos preços, a recente recuperação do Bitcoin, com a moeda voltando para o patamar de US$ 8 mil, estimulou uma nova onda de otimismo no mercado. E mesmo antes desta pequena correção atual, alguns analistas já apontavam que o criptoativo pode subir forte ainda este ano.

Quer receber análises e recomendações de criptomoedas de um dos maiores especialistas do Brasil? Clique aqui e assine o CryptoInsights

É o caso de Fausto Botelho, analista técnico com mais de 40 anos de mercado e sócio fundador da Enfoque Informações Financeiras, que foi o convidado do Bloco Cripto da última terça-feira (31). Em programa apresentado pelo especialista Safiri Félix, o analista apontou que a moeda digital pode chegar a US$ 100 mil em breve.

Em primeiro lugar, Botelho explica que para se olhar um gráfico é preciso utilizar uma escala logarítmica, já que ela evita distorções nos dados e traz uma representação mais fiel dos movimentos do ativo. Além disso, ele lembra que é preciso analisar o Bitcoin considerando desde o início de sua negociação no mercado, em 2010.

Neste cenário, ele aponta um movimento bastante claro de alta do criptoativo neste período, para corrigir em 2011. Em seguida, o Bitcoin teve um segundo movimento de alta durante os anos de 2012 e 2013 e uma nova queda em seguida. "E nós estamos agora em um terceiro movimento de alta, e acabamos de escapulir de uma correção", explica.

Usando os conceitos da análise técnica (confira melhor no vídeo), Botelho mostra que o movimento dos ativos seguem uma ordem de 5 "ondas", sendo três de alta e duas de queda, ou correção, intercaladas entre si. E mostrando no gráfico, ele explica que o Bitcoin agora está exatamente nesta onda 5, o que explica o momento positivo para a moeda digital.

E neste cenário, o analista afirma que o Bitcoin deve chegar a US$ 100 mil ainda este ano. "É muito importante dizer que US$ 100 mil não é algo que eu acho. Eu não acho, eu tenho sólidas evidências baseadas em um conceito simples", afirma Botelho. Ele explica ainda que os movimentos de alta vistos nas onda 1 e 3 foram iguais e, por conta disso, ele transpôs isso para o atual momento, chegando assim aos US$ 100 mil.

Quer investir em ações com a menor corretagem do Brasil? Clique aqui e abra sua conta na Clear

Imagem: