Levantamento

Bitcoin será negociado a US$ 60 mil ou mais no final de 2022, dizem clientes do JPMorgan

Maioria dos clientes que responderam a uma pesquisa acredita que criptomoeda irá recuperar ao longo do ano boa parte das perdas dos últimos meses

Por  CoinDesk -

O JPMorgan afirmou, segundo um levantamento interno, que a maioria de seus clientes espera que o Bitcoin (BTC) seja negociado a US$ 60 mil ou mais até o final deste ano.

O banco de investimentos de Wall Street disse em uma nota publicada na semana passada que 55% dos clientes pesquisados ​​acreditam que o Bitcoin irá superar a barreira dos US$ 60 mil.

De acordo com a pesquisa, 41% dos clientes do banco esperam que o BTC seja negociado nessa faixa no final do ano, enquanto 9% acha que o ativo irá ultrapassar os US$ 80 mil. Outros 5% consideram que a moeda digital será negociada acima de US$ 100 mil.

Por outro lado, 20% responderam que o preço do Bitcoin deverá estar em torno de US$ 40 mil no fim deste ano, e 23% esperam que a moeda digital seja negociada a apenas US$ 20. Por fim, apenas 2% dos clientes do banco acreditam que o preço poderá alcançar US$ 10 mil ou menos até o final de 2022.

O banco de investimento rival Goldman Sachs escreveu em um relatório no início deste mês dizendo que o preço do Bitcoin poderia subir para mais de US$ 100 mil se a participação da moeda digital no mercado de “reserva de valor” aumentasse para 50% nos próximos cinco anos.

O Bitcoin era sendo negociado por cerca de US$ 42.781 no fechamento da matéria.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receba a Newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe