Criptomoedas

Bitcoin salta e chega a superar US$ 39 mil em recuperação a sell-off e com rumores de que Amazon poderá aceitar a moeda

Informação de fonte anônima a jornal londrino e abertura de vaga alteraram panorama da moeda, que vinha caindo nas últimas semanas

SÃO PAULO – O Bitcoin sobe forte nesta segunda-feira (26), chegando a superar, na máxima do dia, os US$ 39 mil, o que não ocorre desde meados de junho. Com isso, a maior criptomoeda do mundo recupera-se do sell-off recente.

A disparada vem na esteira também de rumores de que a Amazon está avaliando começar a aceitar pagamentos com a moedas digital até o fim do ano.

Às 14h25 (horário de Brasília), o Bitcoin tinha alta de 13,8%, cotado a US$ 39.068, enquanto em reais, a criptomoeda avança 12,44% a R$ 200.733.

A informação foi divulgada pelo jornal City A.M., de Londres depois de depoimento de uma fonte anônima. Na última sexta-feira (23) a Amazon abriu uma vaga para líder de estratégia em moedas digitais e blockchain, indicando que a companhia quer se aproximar desse mercado.

Um porta-voz da Amazon disse que a empresa está “inspirada pela inovação que está acontecendo no espaço das criptomoedas e está explorando como isso poderia ser na Amazon”.

Alguns analistas também apontam que a alta de momento pode ser puxada ainda por um “short squeeze”, quando investidores que estão apostando na queda de um ativo são obrigados a zerarem suas posições quando esse ativo inicia uma alta, acabando por impulsionar o movimento.

Vale lembrar que na última terça-feira (20), o Bitcoin havia caído abaixo de US$ 30 mil depois de uma maior repressão da China à mineração e negociação de moedas digitais e da declaração da secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, de que o governo americano iria estabelecer uma estrutura regulatória para as stablecoins.

Como costuma acontecer, o movimento acaba puxando também as outras principais criptomoedas. No mesmo horário, o Ethereum, segunda maior cripto em valor de mercado, avançava 10,5%, a US$ 2.365.

A Binance Coin também tem alta expressiva, mas a menor entre as 10 maiores moedas digitais, de 7%, a US$ 317,95. Dos 100 maiores tokens existentes, apenas cinco registram perdas nesta tarde.

PUBLICIDADE

Invista nos fundos de criptomoedas mais acessíveis do mercado: abra uma conta gratuita na XP!