Criptomoedas

Bitcoin dispara 14%, volta aos R$ 47 mil e caminha para 5º mês seguido de alta

Mercado tem nova alta forte e analistas falam em repique após as fortes quedas recentes

SÃO PAULO – O Bitcoin dispara 14% nesta sexta-feira (28) a US$ 12.310,00 após cair mais de 20% nos últimos dois dias. Com isso, a mais importante das criptomoedas caminha para fechar em alta pelo quinto mês consecutivo. 

A moeda digital atingiu esta semana sua máxima em 17 meses, batendo US$ 13.800, mas depois desabou para US$ 11.159. 

Analistas atribuem a variação de hoje a um repique por conta da queda acentuada recente. Também se fala muito no aumento da procura pela moeda digital na China apesar do país ter banido a compra e venda de criptomoedas. Há notícias de que um aplicativo relacionado a criptoativos está ganhando destaque nas app stores do gigante asiático. 

PUBLICIDADE

Segundo o site News BTC, o aplicativo mobile Huobi, baseado em Singapura, é a sétima palavra-chave mais buscada nos market places de smartphones

No Brasil, um Bitcoin valia às 18h48 (horário de Brasília) R$ 47.623,57. 

A última vez que a Bitcoin ultrapassou os US$ 12.000 foi em dezembro de 2017. Naquele mesmo mês, a moeda atingiu sua máxima histórica de aproximadamente US$ 20 mil, mas esta foi acompanhada por uma indigesta queda para menos de US$ 6.000 em fevereiro. 

Invista em bitcoins com segurança, facilidade e taxa ZERO: abra uma conta gratuita na XDEX