Aquisição

Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, compra ativos de gás natural em negócio de quase US$ 10 bi

Esta foi a primeira aquisição do grupo criado por Buffett desde o início da pandemia do novo coronavírus

Warren Buffett
(Crédito: Steve Pope/Getty Images)

SÃO PAULO – A Berkshire Hathaway, do megainvestidor Warren Buffett, comprou neste domingo os ativos de transmissão e armazenamento de gás natural da Dominion Energy por US$ 4 bilhões. Incluindo as dívidas assumidas, o negócio chegou a quase US$ 10 bilhões.

Esta foi a primeira aquisição do grupo criado por Buffett desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Na recente reunião anual de acionistas, em maio, o megainvestidor havia informado que a empresa havia chegado a um caixa recorde de US$ 137 bilhões em um cenário de forte queda dos mercados em que, segundo ele, não havia muitos negócios favoráveis a serem feitos.

PUBLICIDADE

“Não fizemos nada porque não vemos nada tão atraente para fazer”, disse Warren Buffett na época, sugerindo que as ações rápidas tomadas pelo Federal Reserve este ano significaram que as empresas poderiam obter mais acesso a financiamento nos mercados públicos do que eles puderam durante a crise financeira em 2008 e 2009.

“Se realmente gostássemos do que estávamos vendo, faríamos um negócio, e isso acontecerá algum dia”, disse Buffett na ocasião.

Com a aquisição, a Berkshire passa a deter 18% de toda a transmissão de gás natural interestadual nos Estados Unidos, contra apenas 8% atualmente.

Para a Dominion, este negócio faz parte de sua transição para ser uma empresa de serviços públicos regulamentada e que se concentra na produção de energia limpa a partir de energia eólica, solar e gás natural.

Após a venda, a Dominion espera que 90% de seus ganhos operacionais futuros venham de suas concessionárias que fornecem energia a mais de 7 milhões de clientes em estados como Virgínia, Carolina do Norte e do Sul, Ohio e Utah.

O passo a passo para trabalhar no mercado financeiro foi revelado: assista nesta série gratuita do InfoMoney

PUBLICIDADE