Sem antecipação

BC considera 11 de junho feriado de Corpus Christi para operações no mercado

Desde cedo, os mercados no Brasil - em especial, o de câmbio - opera sem a certeza sobre o funcionamento de bancos e da B3 na quarta e na quinta

Aprenda a investir na bolsa

O Banco Central esclareceu nesta terça-feira, 19, por meio de um comunicado ao mercado, que o feriado de Corpus Christi ocorrerá, em todo o Brasil, no dia 11 de junho de 2020.

Este será o dia considerado não útil para fins de “operações praticadas no mercado financeiro, inclusive quanto às atividades e aos sistemas de responsabilidade desta autarquia”.

Entre essas operações e sistemas estão, segundo o BC, o Sistema de Transferência de Reservas (STR), o Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic), o cálculo para a taxa Selic e a apuração da Ptax.

Aprenda a investir na bolsa

Desde cedo, os mercados no Brasil – em especial, o de câmbio – opera sem a certeza sobre o funcionamento de bancos e da B3 nesta quarta-feira, 20, e na quinta-feira, 21.

Leia também: Instituições financeiras, como bancos e B3, podem funcionar durante feriado prolongado, diz Covas

Isso porque um decreto da prefeitura de São Paulo “antecipa” o feriado de Corpus Christi na cidade para 20 de maio. Já o feriado municipal do dia da Consciência Negra, originalmente marcado para 20 de novembro, ocorreria em 21 de maio.

Bancos

O comunicado do BC não menciona o decreto em São Paulo. Apenas reforça que, para fins de liquidação de operações no mercado financeiro, o dia não útil será em 11 de junho – e não em 20 de maio, como teme boa parte do mercado.

O BC ainda não se pronunciou sobre a questão do feriado do Dia da Consciência Negra, antecipado em São Paulo para a quinta-feira.

Como ler o mercado financeiro e aproveitar as oportunidades: conheça o curso A Grande Tacada, do Fernando Góes – de graça nos próximos dias!

PUBLICIDADE