Negócios

Barclays deve investir “milhões de dólares” na empresa de custódia de criptomoedas Copper

Expectativa é de que o banco britânico invista uma quantia na faixa de “milhões de dólares” na empresa

Por  CoinDesk -

O banco britânico Barclays (BARC) está entre os investidores na rodada de financiamento de US$ 2 bilhões da empresa de custódia de criptomoedas Copper.

Segundo fontes informaram à rede britânica Sky News, a expectativa é de que o Barclays invista uma quantia na faixa de “milhões de dólares” como parte do levantamento de recursos. A rodada avalia a Copper em US$ 2 bilhões e deve ser concluída nos próximos dias.

A Copper optou por se tornar regulamentada na Suíça, depois que não conseguiu se registrar na Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido. O ex-chanceler Philip Hammond atua como consultor da empresa.

Leia mais:
Barclays prevê menor crescimento de China e EUA e revisa projeção de alta global para 2,9%

O Barclays é um dos maiores bancos do Reino Unido, com US$ 1,4 trilhão em ativos sob gestão em 2021. Até agora, a extensão de seu envolvimento na indústria de criptomoedas recaía sobre a decisão de julho do ano passado de impedir que seus clientes usassem seus cartões para fazer pagamentos à exchange Binance.

Nem o Barclays nem a Copper responderam imediatamente ao pedido de comentário do CoinDesk.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe