Nova operação

Banrisul inicia busca por investidor para subsidiária de cartões; operação pode desbloquear valor, dizem analistas

O presidente da instituição, Cláudio Coutinho, afirmou que se trata de uma medida para agregar know-how, tecnologia e investimentos.

Por  Equipe InfoMoney

O Banco do Estado do Rio Grande do Sul, o Banrisul (BRSR6),  anunciou na quarta-feira (14) que iniciará uma operação para captação de investidor para a sua subsidiária Banrisul Cartões.

O presidente da instituição, Cláudio Coutinho, afirmou que se trata de uma medida para agregar know-how, tecnologia e investimentos.

“O movimento busca fortalecer e proporcionar crescimento à Banrisul Cartões, com possibilidade de expansão dos serviços para todo o Brasil. É uma ação bem estruturada para incrementar o potencial de negócio dessa subsidiária e ampliar a sua competitividade. É importante deixar claro que não se trata da venda da Banrisul Cartões, pois o Banrisul continuará tendo participação relevante na empresa”, destacou.

O Conselho de Administração autorizou o Banco J. P. Morgan S.A. — assessor financeiro contratado — a tomar todas as medidas e providências necessárias para identificar potenciais investidores ou parceiros estratégicos aptos a participar do processo.

A empresa informou que a operação poderá envolver a alienação de ações de emissão da Banrisul Cartões, inclusive representativas do seu controle acionário.

Além disso, também há possibilidade de ser realizada por meio de aumento de capital a ser subscrito por terceiros, alienação primária de ações de emissão do Banrisul Cartões, operações de fusão, cisão, incorporação, incorporação de ações, combinação de negócios, joint ventures, alienação de ativos, acordos comerciais, em uma única operação ou em uma série de operações e outras estruturas jurídicas e financeiras a serem estabelecidas pelo Conselho de Administração oportunamente.

O Banrisul esclarece, ainda, que a efetiva execução da operação está sujeita a posterior definição, pelo Conselho de Administração do Banco, da estrutura financeira e jurídica final e do potencial investidor ou parceiro estratégico selecionado. Também depende das aprovações legais e regulatórias aplicáveis, incluindo o Banco Central do Brasil e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A XP destaca que, dentre os principais produtos do Banrisul Cartões incluem a rede de adquirência Vero e o Banricard. A Vero é a sexta maior rede de adquirência do Brasil com 1,6% de market share no terceiro trimestre de 2020, de acordo com a Cielo. Já o Banricard envolve a emissão de cartões pré e pós-pagos, cujo faturamento atingiu R$ 1,4 bilhão e 17,1 milhões de transações em 2020.

“Apesar de o Banrisul Cartões ser um negócio acretivo ao Banrisul, tendo apresentado um ROAE de 20,3% em 2020, superior ao ROAE do Banrisul de 10,2%, nossa visão é positiva para o anúncio da proposta devido ao cenário competitivo cada vez mais agressivo no setor de adquirência e cartões e ao avanço de tecnologias e fintechs. Contudo, a execução da operação ainda está sujeita a estruturação financeira e jurídica, seleção de potencial investidor bem como as aprovações legais e regulatórias”, afirmam os analistas da XP.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Bradesco BBI avalia que a operação pode ser uma solução para a tentativa de IPO abandonada em 2018, já que o parceiro / investidor deve apoiar a estratégia de crescimento do Banrisul Cartões, o que também pode desbloquear valor para o Banrisul se for bem-sucedido.

“Como referência, estimamos que o Banrisul Cartões esteja avaliado em cerca de R$ 4,6 bilhões, assumindo que o primeiro trimestre de 2021 represente 15% do lucro líquido de 2021 e aplicando a mesma avaliação da Cielo (CIEL3), avaliam os analistas do banco.

Quer entender o que é o mercado financeiro? Assista à série gratuita “Carreira no Mercado Financeiro” e conheça o setor da economia que paga os melhores salários de 2021.

Compartilhe