Parceria

Banco francês BNP Paribas entra no mercado de custódia de criptomoedas

O banco trabalhará em parceria com a empresa de ativos digitais Metaco, especialista no serviço

Por  CoinDesk -

O banco francês BNP Paribas está entrando no mercado de custódia de criptomoedas por meio de uma parceria com a empresa de ativos digitais Metaco, baseada na Suíça. A informação foi repassada por três pessoas com conhecimento do negócio.

Muitas instituições bancárias grandes estão se aproximando desse setor, mas o que torna esse acordo particularmente significativo é a posição do BNP Paribas como um importante custodiante global, com quase US$ 13 trilhões em ativos sob custódia.

O BNP Paribas foi contatado pela reportagem, mas não respondeu até o fechamento deste texto. A Metaco também não quis comentar.

A empresa cripto, que recentemente assinou um acordo de tecnologia de custódia com o banco francês Société Générale, está se tornando a principal fornecedora de bancos e instituições que desejam entrar no setor de criptoativos.

A empresa também anunciou recentemente um acordo com o Citigroup. Anteriormente, fechou parceria com BBVA, Zodia Custody, DBS e UnionBank Philippines.

O serviço que a Metaco fornecerá para o Société Générale e para o Citi é mais focado em tokens de segurança – como versões tokenizadas de ações ou outros instrumentos financeiros – do que em criptomoedas “puras”.

Essa é uma tendência popular entre os bancos franceses à medida que entram no mercado de ativos digitais, explicou o CEO da Metaco, Adrien Treccani, em entrevista concedida ao CoinDesk em junho.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe