Entenda

Banco Central decreta liquidação extrajudicial da corretora Um Investimentos

O BC destacou em nota que considerou ''a grave situação patrimonial, as graves violações às normas legais que disciplinam a atividade da instituição, bem como a existência de prejuízos que sujeitam a risco anormal os seus credores''

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO –  O Banco Central decretou a liquidação extrajudicial da Um Investimentos S/A Corretora de Títulos e Valores Mobiliários, segundo ato  assinado pelo presidente da instituição, Roberto Campos Neto. 

O BC considerou ”a grave situação patrimonial, as graves violações às normas legais que disciplinam a atividade da instituição, bem como a existência de prejuízos que sujeitam a risco anormal os seus credores”.

Procurada pelo InfoMoney, a UM Investimentos ainda não se pronunciou sobre o caso. 

PUBLICIDADE

Com sede no Rio de Janeiro, a Um Investimentos atua no mercado financeiro desde 1969, quando adquiriu o título Patrimonial (nº 088) da bolsa de valores do Rio. A corretora possui 7.800 clientes ativos, segundo informações no seu website.  

Confira a nota completa do BC sobre a liquidação da UM Investimentos: 

O Presidente do Banco Central do Brasil, no uso das atribuições que lhe confere o art. 12, inciso XV, alínea “a”, do Regimento Interno, anexo à Portaria nº 84.287, de 27 de fevereiro de 2015, com fundamento nos arts. 15, inciso I, alíneas “a”, “b” e “c”, e § 2º, 16 e 52, da Lei nº 6.024, de 13 de março de 1974, 

Considerando a grave situação patrimonial, as graves violações às normas legais que disciplinam a atividade da instituição, bem como a existência de prejuízos que sujeitam a risco anormal os seus credores, conforme consta no PE 154288,

R E S O L V E :

Art. 1º Fica decretada a liquidação extrajudicial da Um Investimentos S/A Corretora de Títulos e Valores Mobiliários, CNPJ 33.968.066/0001-29, com sede na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

PUBLICIDADE

Art. 2º Fica nomeado liquidante, com amplos poderes de administração e liquidação, Eduardo Felix Bianchini, carteira de identidade 5436983-6 – SSP/SP e CPF 096.514.621-91.

Art. 3º Fica indicado, como termo legal da liquidação extrajudicial, o dia 22 de julho de 2019.

Invista melhor o seu dinheiro e sem taxa de corretagem: abra sua conta na Clear.