Rating

Banco Central da Rússia espera elevação no rating do país nos próximos 12 meses

A declaração foi dada hoje pelo diretor do departamento de estabilidade financeira do Banco Central russo, Sergey Moiseev

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

O Banco Central da Rússia espera uma elevação no rating da dívida soberana do país nos próximos 12 meses. A declaração foi dada hoje pelo diretor do departamento de estabilidade financeira do Banco Central russo, Sergey Moiseev, durante apresentação do relatório relativo ao quarto trimestre de 2014 e ao primeiro trimestre de 2015. A Rússia possui um rating no patamar “junk” (sem grau de investimento) desde o início do ano.

Moiseev declarou que as expectativas para a queda na taxa de inflação, a recuperação econômica e a melhoria na capacidade da Rússia no pagamento de dívidas apontam para uma classificação de rating mais elevada. “É claro que, com a economia se recuperando, as avaliações deverão ser revistas. Esperamos uma recuperação da classificação dentro dos próximos 12 meses”, disse.

Pela primeira vez em mais de uma década, o rating soberano em moeda estrangeira da Rússia foi rebaixado para “junk” pela Standard & Poor’s e pela Moody Investors Service no início de 2015. A classificação ocorreu na sequência de sanções ocidentais contra o país devido à crise da Ucrânia.

Aprenda a investir na bolsa

Havia a expectativa de que o rebaixamento, que muitas autoridades russas viram como politicamente motivado, pudesse desencadear um êxodo do mercado de dívida do país. No entanto, os investidores estrangeiros mantiveram a sua exposição à Rússia, devido aos altos rendimentos e à recente estabilização do rublo, na avaliação de Moiseev.