Balanço de Pagamentos foi superavitário em US$ 2,1 bilhões em novembro

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

O balanço de pagamentos apresentou superávit de US$ 2,1 bilhões em novembro, resultado de um déficit de US$ 2,6 bilhões em transações correntes e ingressos líquidos de US$ 4,7 bilhões, de acordo com dados divulgados hoje pelo Banco Central.
Os investimentos estrangeiros diretos alcançaram US$ 5,4 bilhões no mês, sendo que US$ 3,9 bilhões foram referentes à privatização e US$ 1,5 bilhão a recursos autônomos. Os ingressos líquidos acumulados no ano alcançaram US$ 28,3 bilhões, e excederam em US$ 6,3 bilhões o total de recursos necessários para financiar o déficit em transações correntes.
As reservas internacionais, por sua vez, foram de US$ 32,5 bilhões nos conceitos caixa e liquidez internacional, com acréscimos de US$ 2,2 bilhões e US$ 2,1 bilhões em relação ao resultado de outubro. Já a dívida externa total, no final do terceiro trimestre de 2000, chegou US$ 232,3 bilhões, dos quais US$ 203 bilhões corresponderam a endividamento de médio e longo prazos e US$ 29,3 bilhões de curto prazo.

Compartilhe