Baixo volume marca fechamento das bolsas européias

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

As bolsas européias fecharam sem uma direção uniforme no pregão desta segunda-feira, com baixo volume de negócios. O setor petrolífero apresentou valorização em toda a Europa, em decorrência da proximidade da reunião do cartel da OPEP, marcado para esta quarta-feira, em que será discutido o corte na produção mundial da commodity. Por outro lado, o setor varejista se destaca com as maiores quedas devido, sobretudo, às vendas menores que o esperado no período do final do ano passado. Sem a influência da Nasdaq, as ações de tecnologia não seguem uma tendência específica, estando sujeitas aos mercados locais.

A Bolsa de Londres encerrou suas negociações em alta, com o índice FTSE 100 ganhando 0,08%, sendo cotado a 6.170,3 pontos. Liderando as altas entre as ações do índice britânico estava a empresa sul africana de tecnologia Dimension Data (+6,15%), seguida de perto pelas ações da empresa de engenharia e serviços industriais GKN (+5,58%), que sobe influenciada pela possível fusão com a australiana Brambles Industries. Além destas, subiram a empresa de investimentos 3i Group (+4,00%), a farmacêutica AstraZeneca (+2,79%) e as petrolíferas BP Amoco (+2,52%) e Shell (+2,55%). Já os principais destaques de baixa do pregão de hoje foram as ações das varejistas The Boots (-3,85%), Kingfisher (-3,08%) e Dixon (1,49%), além das empresas de telecomunicações Energis (-3,77%), British Telecom (-3,45%), Vodafone (-2,54%) e Cable & Wireless (-2,78%).

Em Paris, o índice CAC 40 fechou em ligeira queda de 0,02%, cotado a 5.833,4 pontos. As ações do varejista Carrefour (-3,28%) pressionaram o índice, influenciadas pela queda das vendas da empresa no mercado mundial. Além do Carrefour, também caíram as ações da L’Oreal (-3,46%), da fabricante de semicondutores STMicroeletronics (-3,03%), da France Telecom (-2,84%) e da empresa de mídia TF1 (-2,46%). Enquanto isso, os papéis da Peugeot (+3,74%), das farmacêuticas Aventis (+3,32%) e Sanofi Synthelabo (+2,05%) e da petrolífera TotalFinaElf (+2,00%) fecharam o pregão desta segunda-feira valorizados.

Em Madri, o Ibex 35 fechou em modesta alta de 0,02%, cotado a 9.892 pontos. As ações da cadeia de restaurantes TelePizza (+5,00%) continuam a recuperação iniciada na semana passada, seguidas pelo Grupo Picking Pack (+4,26%), pala construtora Dragados (+3,76%) , pelo portal Terra (+3,65%), pela empresa de biotecnologia Zeltia (+3,62%) e pela petrolífera Repsol (+1,69%). Já as maiores quedas dentro do índice foram da empresa de materiais de construção FCC (-3,41%) e do conglomerado hoteleiro Sol Meliá (-2,55%).

A Bolsa de Frankfurt ainda opera, com índice DAX 30 apresentando alta de 0,30% às 15h50 de Brasília, quando era cotado a 6.509,7 pontos.











































Outros Mercados: Milão MIB 30 -0,05%
Amsterdã AMS Exchange +0,20%
Zurique Swiss Market +0,18%
Lisboa BVL 30 +0,71%
Moscou Moscow Times +1,05%
Bruxelas BEL 20 -0,56%
Istambul ISE National-100 -4,92%
Estocolmo Stockholm General +1,28%
Compartilhe