Bolsa de valores

B3 (B3SA3) tem volume financeiro negociado no mercado à vista recorde em 2021

Total negociado ainda avançou percentualmente na comparação com o produto interno bruto do país projetado, chegando a 90,5%

Por  Vitor Azevedo -

Em 2021, a B3 (B3SA3) registrou volume financeiro recorde negociado no mercado à vista da bolsa, chegando a R$ 7,04 trilhões, o que representa um aumento de 3,65% em relação a 2020, segundo dados divulgados nesta terça-feira (11) pela Economatica.

Apesar da desvalorização do real frente ao dólar no ano passado, o recorde foi batido também na moeda norte-americana, somando US$ 1,3 trilhão, alta de 1,38% na base anual.

Além de chamar a atenção pelo recorde, é destaque também, na publicação, a comparação entre o volume negociado na bolsa e o Produto Interno Bruto (PIB) do país – seguindo o consenso do mercado para o ano, de crescimento de 4,50%, uma vez que o dado ainda não foi fechado de maneira oficial, a relação deve ficar em 90,5%.

Em 2020, a proporção entre aquilo que foi movimentado pela B3 e o PIB brasileiro atingiu 86,7% – antigo recorde. Ao levar em consideração 2019, a discrepância é ainda maior, de 51%.

B3 (B3SA3): Evolução do volume negociado na B3 versus PIB
B3 (B3SA3): Evolução do volume negociado na B3 versus PIB. Fonte: Economatica

Confira os setores da economia que foram mais negociados na bolsa brasileira

Entre os 30 segmentos acompanhados pela Economatica, ficou em primeiro lugar o setor de bancos, que, com 47 ações, registrou um fluxo de mais de R$ 1,02 trilhão no último ano, representando 13,7% do valor total do volume negociado.

Quatorze setores viram seus volumes de negociação crescerem, com destaque para o de programas e serviços, com alta de 171,3% na base anual. Em segundo lugar, as companhias de material aeronáutico e defesa avançaram 90,1%. Petroquímicos, em terceiro, vieram com um volume 85,1% maior.

Na outra ponto, o setor de serviços educacionais viu seu volume de negociação no mercado à vista recuar 45,9%, sendo a maior queda. Eletrodomésticos e seguradoras vêm na sequência, com as quantias movimentadas recuando, respectivamente, 41,9% e 35,9%.

Vale é ação com maior volume negociado em 2021

As ações ordinárias da Vale (VALE3) foram as mais negociadas na bolsa brasileira em 2021, com volume de negociação de R$ 637,3 bilhões – 9,04% do total negociado no ano.

A ações PN da Petrobras (PETR4) ficaram no segundo lugar, movimentando R$ 517,9 bilhões, 7,35% do total. As PN do Itaú (ITUB4), as PN do Bradesco (BBDC4) e as ON da Magazine Luiza (MGLU3) completam o top cinco de ações com maiores volumes negociados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As ações unitárias do Banco Inter (BIDI11) foram as que tiveram maior crescimento de negociação, de 563,1%, chegando a R$ 80,3 bilhões.

Ao se levar em consideração as empresas com maior volume transacionado, a Petrobras toma o primeiro lugar, por conta de suas ações ON (PETR3), que tiveram fluxo de R$ 142,7 bilhões.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe