Aviação

Azul faz parceria de até US$ 1 bilhão com empresa alemã para construir “carro voador” eVTOL

Aliança estratégica e pedido de aeronaves permanecem sujeitas à finalização dos termos entre as partes e documentação definitiva relacionada ao acordo

arrow_forwardMais sobre
Avião da Azul com as cores da bandeira brasileira. Turbina possui as estrelas
(Divulgação/Azul)

A Azul (AZUL4) atualizou nesta segunda-feira (2) seus planos de parceria estratégica com a startup alemã Lilium GmbH para construir uma malha exclusiva com aeronaves “eVTOL”, o carro voador elétrico, no Brasil.

Essa potencial parceria pode ter um valor total de até US$ 1 bilhão e inclui uma frota de 220 aeronaves eVTOL, com operação prevista a partir de 2025.

Esta aliança estratégica e pedido de aeronaves permanecem sujeitas à finalização dos termos comerciais entre as partes e documentação definitiva relacionada ao acordo.

Por meio dessa potencial malha aérea, a Azul pretende aumentar a conectividade no Brasil. Segundo a companhia aérea, a parceria reforça a estratégia da Azul em acelerar seus compromissos “ESG” por meio de uma aeronave 100% elétrica e com emissão zero de carbono.

“A Azul tem o mais exclusivo e sustentável modelo de negócios do Brasil. Nossa presença de marca, nossa malha com exclusiva conectividade e nosso robusto programa de fidelidade nos fornecem as ferramentas para criar os mercados e a demanda para a operação com jatos Lilium no Brasil. Assim como fizemos no mercado doméstico brasileiro nos últimos 13 anos, esperamos novamente, agora com os jatos da Lilium, criar um mercado totalmente inovador nos próximos anos”, afirma em comunicado John Rodgerson, CEO da Azul.

Em curso gratuito de Opções, professor Su Chong Wei ensina método para ter ganhos recorrentes na bolsa. Inscreva-se grátis e participe.