AO VIVO Stock Pickers entrevista RI da Cogna: após entrevistarmos gestores comprados e vendidos, é hora de falarmos com o RI da empresa; assista

Stock Pickers entrevista RI da Cogna: após entrevistarmos gestores comprados e vendidos, é hora de falarmos com o RI da empresa; assista

Fique atento

Aversão ao risco após atentado, Levy e Dilma no G-20: 6 assuntos para ficar de olho hoje

Teleconferência da Vale nesta tarde, vencimento de opções sobre o Ibovespa e parecer contra Cunha também devem movimentar o mercado nesta segunda-feira

SÃO PAULO – A segunda-feira (16) se inicia com maior apreensão nos mercados por conta do atentado em Paris na noite da última sexta-feira e os seus desdobramentos, que devem ser observados com atenção pelo mercado. No Brasil, o mercado segue atento às novas notícias sobre a possível saída do ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Enquanto isso, a reunião do G-20 segue no radar. Confira seis eventos para se atentar nesta segunda-feira (16). 

Bolsas mundiais após atentado em Paris
O dia é de aversão ao risco após os atentados em Paris, que vitimaram mais de cem pessoas na última sexta-feira, gerando queda das ações de países emergentes e alta do dólar no 1º dia de negócios após a tragédia. A França bombardeia alvos do Estado Islâmico, que reivindicou a autoria dos atentados. Por outro lado, as bolsas chinesas reverteram perdas iniciais e terminaram em alta nesta segunda-feira, com o mercado recuperando seu ritmo após ser afetado pela ansiedade decorrente dos ataques, com Xangai subindo 0,73%, enquanto Nikkei e Hang Seng caíram mais de 1%. No Japão, dados divulgados antes da abertura do mercado em Tóquio mostraram que a economia japonesa voltou a cair em recessão no terceiro trimestre. Na Europa, o dia alterna entre leves perdas e ganhos, com DAX em baixa de 0,01%, FTSE com alta de 0,36% e o francês CAC 40 em baixa de 0,06%. 

Teleconferência da Vale
A Vale (VALE3;VALE5) fará teleconferências com analistas e investidores sobre o acidente com barragens da Samarco em Minas Gerais. A empresa, que tem Vale como uma das sócias em conjunto com a BHP, pode ter que pagar R$ 1 bilhão pelo acidente, segundo o promotor de Justiça do estado. A teleconferência em português será às 14:00 (horário de Brasília) e em inglês, às 15:00.

Levy segue “navegando”
Novos rumores agitam o mercado em relação à saída ou não do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, segue movimentando os mercados. Na Turquia, onde participa da reunião do G-20, Levy diz que segue “navegando”, ao responder sobre pressões para sua substituição. De acordo com informações do jornal Valor Econômico, o ministro tem trocado correspondências com a presidente Dilma Rousseff e conversado com ministros palacianos sinalizando que quer deixar o governo. Porém, a saída não seria imediata, uma vez que ele não quer se indispor com a presidente e quer se esforçar para sair tão bem quanto entrou. Também na Turquia, o ministro afirmou que a economia brasileira inspira “otimismo”. Segundo ele, para que a economia volte a crescer, é preciso fazer o dever de casa, ou seja, aprovar o ajuste fiscal.

Dilma no G-20
A presidente Dilma Rousseff também participa da reunião do G-20. No domingo, a presidente fez  um alerta para os riscos de concessão de subsídios agrícolas que causem distorções nos mercados e afirmou que o Brasil quer atrair investimentos para seu setor de infraestrutura. Ela também pediu aos BRICs que sigam comprometidos com a redução de riscos à economia. Hoje, a presidente participa da 2ª Sessão de Trabalho da Cúpula do G20, às 10h30, e embarca para Brasília com chegada prevista para 23:59.

Vencimento de opções e Focus
Nesta terça segunda-feira do mês, acontece o vencimento de opções sobre o Ibovespa, o que pode trazer volatilidade ao índice por conta da disputa entre “comprados” e “vendidos”. Antes da abertura do pregão, às 8h25, atenção para o relatório Focus do Banco Central, que trará a estimativa de analistas do mercado sobre os indicadores do País, como PIB, inflação, dólar e balança comercial. 

Parecer contra Cunha
Voltando ao noticiário político, hoje, o deputado Fausto Pinato (PRB-SP) entrega parecer preliminar e realiza entrevista coletiva às 11h, a respeito de seu documento 
sobre a admissibilidade de processo no Conselho de Ética contra o presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por falta de decoro parlamentar, que pode levar à cassação do mandato do parlamentar. 

É hora ou não é de comprar ações da Petrobras? Veja essa análise especial antes de decidir:

 

PUBLICIDADE

Leia também:

Você investe pelo banco? Curso gratuito mostra como até dobrar o retorno de suas aplicações