Avaliando indicadores e cena corporativa, bolsas dos EUA abrem em alta

Vendas ao varejo sobem mais do que o esperado; analistas mostram otimismo em relação a lucros corporativos futuros

SÃO PAULO – As principais bolsas norte-americanas abriram em alta nesta segunda-feira (16), impulsionadas por indicadores econômicos melhores do que o esperado e otimismo com os resultados corporativos dos próximos meses.

No final da temporada de balanços referentes ao terceiro trimestre de 2009, os analistas estão antecipando previsões de lucros para os últimos três meses do ano, acreditando em resultados três vezes maiores que o mesmo período do ano anterior.

Divulgação de indicadores

O Retail Sales – relatório que mede as vendas totais no mercado varejista, desconsiderando o setor de serviços – apresentou aumento de 1,4% no mês de outubro. De acordo com analistas, que apresentavam previsão de alta de 0,9%, o resultado representa crescimento nas vendas no último trimestre do ano.

PUBLICIDADE

O mesmo relatório mostrou que as vendas, excluindo o setor de automóveis, devido a sua volatilidade mensal, apresentam alta de 0,2%.

Por outro lado, o índice NY Empire State Index, calculado pelo Federal Reserve, caiu de 34,57 pontos para 23,51 pontos em novembro, sinalizando queda na atividade manufatureira do estado de Nova York.

Mercado corporativo

Encerrada a temporada de apresentação de resultados referentes ao terceiro trimestre de 2009, os analistas preveem que os números das empresas vão apresentar melhorias e as vendas vão aumentar no quarto trimestre.

A varejista Abercrombie & Fitch reportou ganhos no terceiro trimestre de 2009, com lucro de US$ 39 milhões, ultrapassando perspectives dos analistas. No mesmo período do ano passado, os resultados foram de US$ 64 milhões. As ações da empresa apresentam alta de 0,5 % no pregão.

A Walt Disney apresentou aumento de 18% de lucro no quarto trimestre, frente ao resultado de 2008. A empresa de mídia e entretenimento ganhou US$ 895 milhões, valor acima das previsões de analistas.

Segundo agências internacionais, a General Motors deve anunciar o início da devolução dos recursos emprestados pelos governos do Canadá e dos EUA nesta sessão. Nesta manhã, a empresa também divulgou os resultados do terceiro trimestre, reportando prejuízo de US$ 1,2 bilhão.

PUBLICIDADE

Confira as cotações

<span class="textogeral">O &iacute;ndice S&amp;P 500, que engloba as 500 principais empresas dos EUA, apresenta valoriza&ccedil;&atilde;o de 0,70% e atinge 1.101 pontos. O Dow Jones, que mede o desempenho das 30 principais blue chips norte-americanas, abre em alta de 0,64% a 10.336 pontos. O Nasdaq Composite, que concentra as a&ccedil;&otilde;es de tecnologia, sobe 0,53%, chegando a 2.179 pontos.</span> 


<!–No pregão de o índice fechou atingindo pontos,
o fechou a pontos e o
índice fechou chegando a pontos.


–>

%Var DiaPontos%Var 30D%Var Ano
S&P 500+0,701.101+1,24+21,91
Dow Jones+0,6410.336+3,40+17,77
Nasdaq+0,532.179+1,05+38,20