Europa

Atividade industrial na zona do euro recua com crise, revela PMI

A atividade industrial na região encolheu pelo 15º mês seguido em outubro, com queda na produção e nas encomendas

arrow_forwardMais sobre

LONDRES – A atividade industrial na zona do euro encolheu pelo 15º mês seguido em outubro, com queda na produção e nas encomendas, indicou uma pesquisa nesta sexta-feira (2), alimentando expectativas de novas medidas de flexibilização do Banco Central Europeu (BCE). 

As fábricas eram a força motriz por trás de recuperação do bloco da última recessão, mas o abrandamento da atividade fabril, que começou em países periféricos, já envolveu membros centrais como Alemanha e França.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI) da zona do euro, do instituto Markit, caiu de 46,1 em setembro para 45,4 em outubro. O índice está abaixo da marca de 50, que indica contração da atividade, desde agosto de 2011.

O índice de produção industrial caiu para de 45,9 para 45,0.

Dados da Alemanha, maior economia da Europa, mostraram que seu setor industrial recuou pelo oitavo mês seguido e dados franceses mostraram um declínio em todos, exceto um dos últimos 15 meses.

Na Espanha, o provável próximo país a ser socorrido pela União Europeia, o ritmo de declínio acelerou. O quadro foi semelhante na Itália.