Argentina pode receber US$ 5 bilhões ainda neste ano

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

A Argentina deve pedir ao FMI o desembolso imediato de US$ 5 bilhões para completar as necessidades de financiamento do setor público entre dezembro e março do próximo ano. As informações são do jornal argentino La Nación, um dos mais respeitados do país. A quantia faz parte do pacote de ajuda que a Argentina negocia com o organismo internacional, estimado entre US$ 20 e 30 bilhões.
O objetivo do desembolso é dar um choque de confiança no mercado, o que possibilitaria à Argentina recorrer ao mercado internacional de capitais para financiar sua dívida pública. Atualmente, o país tem dificuldades em recorrer ao mercado devido ao risco associado com o país, o que provoca um crescimento da taxa de juros que o governo teria que pagar para a captação. Até agora, o mercado acreditava em um acordo de contingências, no qual a Argentina sacaria os recursos somente se enfrentasse dificuldades de captação. Caso se confirme, o desembolso pode dar novo ânimo aos investidores, pois indica maior comprometimento do FMI, e das instituições que aderirem ao pacote, com o país vizinho.
O governo do presidente De La Rúa, no entanto, deve enfrentar dificuldades no Congresso para aprovar o orçamento de 2001 e principalmente a reforma previdenciária, que prevê o fim da previdência pública. A aprovação das duas propostas é considerada pelo FMI como essencial para a aprovação do pacote de ajuda.

Compartilhe