RADAR INFOMONEY CPI da Covid enfraquece governo e trava reformas, dizem analistas; programa desta segunda também fala sobre Petrobras e Oi

CPI da Covid enfraquece governo e trava reformas, dizem analistas; programa desta segunda também fala sobre Petrobras e Oi

Siderurgia

ArcelorMittal e Nippon oferecem US$ 1,5 bilhão por unidade da ThyssenKrup

CSN e Nucor concorrem com a dupla para adquirir a planta nos EUA; fontes não quiseram comentar o assunto

SÃO PAULO – A ArcelorMittal e a Nippon Steel, participante do bloco de controle da Usiminas (USIM5), uniram-se para ofertar sobre uma planta da ThyssenKrupp nos EUA, disseram fontes ligadas ao assunto à Bloomberg, na última terça-feira (29).

Conjuntamente, as duas maiores siderúrgicas mundiais oferecem cerca de US$ 1,5 bilhão para a siderúrgica alemã, mas enfrentam a concorrência da brasileira CSN (CSNA3) e da Nucor. Segundo a reportagem, as operações da ThyssenKrupp somam entre US$ 3 bilhões e US$ 5 bilhões – combinando os números das plantas da companhia no Brasil e nos EUA.

A venda resulta da baixa demanda por aço dos setores automobilístico e industrial, além da competição criada pelos baixos preços da commodities no mercado chinês, que diminuíram as margens de lucro da companhia, diz a Bloomberg.

Na associação feita pela ArcelorMittal e a Nippon, as duas empresas dividiriam os custos da operação e a japonesa ganharia acesso à laminação de aço da ArcelorMittal na América Latina. Representantes das companhias procurados pela Bloomberg não quiseram comentar o assunto.