Em forte alta

Apple se torna a primeira empresa do mundo a atingir US$ 3 trilhões em valor de mercado

A cifra é alcançada 41 meses depois da companhia ter chegado ao marco do US$ 1 trilhão

Por  Equipe InfoMoney -

A Apple se tornou nesta segunda-feira a primeira empresa do mundo a atingir US$ 3 trilhões  em valor de mercado, cifra alcançada 41 meses depois da companhia ter chegado ao marco do US$ 1 trilhão.

As ações da empresa atingiram um recorde de US$ 182,88 no intraday da primeira sessão de 2022, para depois diminuírem a alta e fecharam com ganhos de US$ 182,01, totalizando assim um valor de mercado US$ 2,986 trilhões. A Apple agora representa 7% do índice S&P 500, segundo a Reuters Breakingviews.

A Apple compartilhou o clube dos US$ 2 trilhões em valor de mercado com a Microsoft, que agora vale cerca de US$ 2,53 trilhões. Alphabet, Amazon.com e Meta têm valor de mercado acima de US$ 1 trilhão cada.

“A chave para a avaliação da Apple continua sendo seu negócio de serviços, que acreditamos valer US$ 1,5 trilhão”, disse Daniel Ives, analista da Wedbush Securities. “Ser a primeira empresa a ingressar no clube de US$ 3 trilhões é um marco para o presidente, Tim Cook”, acrescentou.

A adoção pela companhia de tecnologias como 5G, realidade aumentada e virtual e inteligência artificial tem ajudado as ações da companhia a seguirem queridinhas do mercado.

O marco é principalmente simbólico, mas representa o reconhecimento dos investidores pelo sucesso da Apple nos últimos anos, já que a empresa relatou vários trimestres recordes de grande crescimento em todas as suas linhas de produtos.
O fluxo de caixa da Apple também torna as ações um porto seguro em tempos de incerteza do mercado. A ação subiu 34% em 2021.

(com Reuters)

Ainda não investe no exterior? Estrategista da XP dá aula gratuita sobre como virar sócio das maiores empresas do mundo, direto do seu celular – e sem falar inglês

Compartilhe