Crise diplomática?

Após presidente do México cancelar encontro pelo Twitter, Trump diz que decisão foi “em comum acordo”

Na manhã desta quinta, também pelo microblog, Trump disse que se o México não fosse pagar pela construção do muro era "melhor cancelar a reunião a agendada".

SÃO PAULO – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou durante um evento com parlamentares republicanos nesta quinta-feira (26) que a decisão de cancelar a reunião que teria com o colega do México, Enrique Peña Neto foi “em comum acordo” – apesar de o anúncio público ter sido feito pelo líder mexicano via Twitter. “A menos que o México trate os Estados Unidos com respeito, eu vou tomar um outro caminho”, disse, segundo o portal CNBC.

Mais cedo, o presidente do México, Enrique Peña Neto, anunciou pelo Twitter que comunicou o cancelamento da reunião que teria com Trump na próxima terça-feira (31), em Washington. Muito criticado internamente por não responder à altura aos ataques do novo presidente norte-americano ao México e aos imigrantes do país, Peña Neto havia postado na véspera um vídeo em que reiterava que seu país não irá pagar pelo muro que o republicano autorizou construir na fronteira entre as duas nações.

Na manhã desta quinta, também pelo microblog, Trump disse que se o México não fosse pagar pela construção do muro era “melhor cancelar a reunião a agendada”.

Veja abaixo a sequência de tweets de Trump e a resposta de Peña Neto.

“Os Estados Unidos têm um déficit comercial de mais de US$ 60 bilhões com o México. Tem sido um acordo de um lado só desde o início do NAFTA com números significativos de empresas e empregos perdidos. Se o México não está disposto a pagar por este tão necessário muro, então seria melhor cancelar a reunião agendada”.

PUBLICIDADE

“Nesta manhã, informamos à Casa Branca que não participarei da reunião de trabalho programada para a próxima terça-feira com o @POTUS. O México reitera sua vontade trabalhar com os Estados Unidos para fechar acordos favoráveis a ambas as nações.