Sem prejuízo

Após ataques sistemáticos, Bolsonaro afirma que Petrobras (PETR4) deve, sim, ter lucro

“A gente quer que a Petrobras tenha lucro, não prejuízo como nos governos Lula e Dilma”, declarou o presidente

Por  Estadão Conteúdo -

Depois de ataques sistemáticos ao lucro obtido pela Petrobras (PETR3;PETR4) com a política de preços internacionais, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 7, que a estatal deve, sim, ter lucro.

“A gente quer que a Petrobras tenha lucro, não prejuízo como nos governos Lula e Dilma”, declarou o presidente em transmissão ao vivo nas redes sociais.

De olho nas eleições deste ano, Bolsonaro tem jogado a culpa da alta dos combustíveis na corrupção na Petrobras durante as gestões petistas.

De acordo com o chefe do Executivo, o Procon e a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) já “estão nas ruas” para “fazer comparações” sobre o preço dos combustíveis.

Hoje, Bolsonaro editou decreto que obriga postos a exibirem os preços dos combustíveis antes e depois da criação do teto de 17% do ICMS cobrado sobre os combustíveis.

5G

Bolsonaro aproveitou a live para reiterar que todas as capitais do País terão tecnologia 5G disponível até o final do ano, como prometeu o ministro das Comunicações, Fábio Faria.

“O 5G vai ter influência enorme na produção industrial e na medicina”, declarou o presidente na transmissão ao vivo. O serviço começou a funcionar ontem em Brasília.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe