Juros Futuros

Apesar de recuo da produção industrial, juros futuros fecham quase estáveis

Na agenda desta quinta-feira, IPC-S desacelerou para uma alta de 0,48% na quarta quadrissemana de outubro

Percentage sales concept

SÃO PAULO – Os principais contratos de juros futuros fecharam esta quinta-feira (1) perto da estabilidade no mercado futuro da BM&F. Durante parte da sessão, os contratos reagiram com queda devido, principalmente, ao resultado abaixo do esperado da produção industrial do País, que mostrou recuo 1% em setembro.

De acordo com a LCA, o resultado reflete principalmente uma acomodação em relação ao forte avanço observado em agosto. Um dos fatores apontados foi a grande diferença de dias úteis entre esses meses – 23 contra 19 – , sendo que a dessazonalização feita pelo IBGE não neutralizaria totalmente essa discrepância. A expectativa da LCA para o setor nos meses restantes de 2012 continua positiva.

Com relação aos indicadores de inflação, o IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor Semanal) desacelerou para uma alta de 0,48% na quarta quadrissemana de outubro, informou a FGV (Fundação Getulio Vargas). Em setembro, o indicador havia fechado com ganho de 0,54%, enquanto na terceira quadrissemana de outubro, o IPC-S apresentou elevação de 0,57%.

PUBLICIDADE

Contrato de abril de 2013 fechou com taxa de 7,10%
O contrato de juros de maior liquidez nesta quinta-feira, com vencimento em abril de 2013, registrou uma taxa de 7,10%, 0,01  ponto percentual abaixo do fechamento de quarta-feira.

Outros contratos que fecharam com bom volume negociado foram o com vencimento em janeiro de 2014, que registrou taxa de 7,34% e o de janeiro de 2015, com taxa de 7,83%. No fechamento de quarta-feira, as taxas apontadas por estes contratos eram 7,33% e 7,82%, respectivamente.

A seguir confira o fechamento das taxas dos principais contratos de juros futuros na BM&F:

VencimentoTaxa atualTaxa anterDiferençaContr Neg
 Janeiro de 20137,117,10+0,01142.167 
 Abril de 20137,107,11-0,01195.344 
 Julho de 20137,097,10-0,01126.398 
 Outubro de 20137,187,19-0,0113.360 
 Janeiro de 20147,347,33+0,01186.395 
 Abril de 20147,487,47+0,0110.060 
 Julho de 20147,597,60-0,0130.764 
 Janeiro de 20157,837,82+0,01143.908 
 Abril de 20157,937,92+0,018.325 
Janeiro de 2016 8,248,22 +0,0258.435 
Janeiro de 2017 8,538,49 +0,04 120.692