Visão Técnica

Analista vê “compra segura” em dólar e Vale, enquanto bancos indicam mais quedas

Fernando Góes, da Clear Corretora, vê dificuldade em montar posições de prazo maior de um dia na Bolsa, mas o "day trader" tem conseguido aproveitar toda essa volatilidade

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Visão Técnica cantou semana passada que um repique estava por vir. E ele veio com força nos dois primeiros pregões da semana. Contudo, as duas sessões seguintes da semana vieram com força vendedora e o Ibovespa devolveu boa parte desses ganhos. Para Fernando Góes, analista técnico da Clear Corretora, a queda frustrou quem esperava um repique, mas ainda é muito cedo para “jogar a toalha” para o índice, sobretudo por causa do suporte de 52.500 pontos. Se o mercado está difícil para “swing traders” (que realizam operações com prazo superior a um dia), os “day traders” (que abrem e fecham uma operação no mesmo dia) puderam aproveitar muito bem toda essa volatilidade.

Góes é bem direto ao falar de suas recomendações: tanto o dólar quanto as ações da Vale (VALE5) indicam uma “compra segura”, tendo em vista a relação “risco-retorno” desenhada para estes dois papéis. Para Ibovespa e Petrobras, ele pede um pouco de espera para que seja definida a tendência. Já para bancos, o cenário segue muito negativo. “Os gráficos ficaram muito feios, se subir muito é pra vender”, diz o analista, ressaltando um day trade muito bem sucedido com Bradesco feito nesta sexta-feira.

Quer receber os gráficos analisados neste programa? Deixe seu email aqui abaixo que enviaremos automaticamente para você.

Aprenda a investir na bolsa

Vídeo 1: espere Ibovespa, compre dólar

Vídeo 2 – Vale é compra, Petrobras é “espera”, bancos são venda