Bear market

Alívio nas bolsas americanas com anúncio do Fed é temporário

Assim que o Fed divulgou pacote de liquidez, Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq passaram a quedas mais brandas.

SÃO PAULO – O anúncio de estímulos de US$ 1 trilhão pelo Federal Reserve de Nova York para conter o coronavírus aliviou parte da queda acentuada das bolsas americanas e respingou no Brasil.

Assim que o Fed divulgou pacote de liquidez em operações de recompra reversa de títulos americanos, os índices Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq, que caíam vertiginosamente, passaram a quedas mais brandas. O Ibovespa, que estava próximo da baixa de 20% que levaria ao terceiro circuit breaker do dia, se recuperou junto.

Pouco tempo depois, porém, os mercados passaram a ver os efeitos da injeção de liquidez como temporários, e as quedas voltaram a se aprofundar.

PUBLICIDADE

Imediatamente após o Fed, o Dow Jones havia amenizado queda de mais de 9% para 5,7%, mas fechou o dia desabando 9,9%, a pior queda desde o crash de 1987.

O S&P 500 respondeu aos estímulos amenizando queda para 4,4%, mas também fechou com a pior variação desde 1987, a – 9,5%.

Já o Nasdaq Composite chegou a bater – 4,5% antes de fechar com queda de 9,4%.

PUBLICIDADE

Aproveite as oportunidades para fazer seu dinheiro render mais: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações!