Em mercados / agro

Balança comercial do setor de florestas cresce 38% em 2018

De janeiro a maio deste ano, a balança comercial do setor de florestas do Brasil somou R$ 4,0 bilhões, montante 38,6% maior que aquele observado em igual período de 2017

eucalipto

Segundo dados da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá), as exportações no setor florestal cresceram 35,3% no acumulado dos cinco meses do ano, com resultado de R$ 4,4 bilhões.

Outros itens, como celulose, papel e painéis de madeira também apresentaram alta, o que colaborou para o aumento de representatividade de 4,7% do setor nas exportações nacionais totais e 11,0% de participação nas exportações do agronegócio.

O Ibá destaca o aumento nas vendas de celulose, com alta de 36,6% no faturamento, com destaque pelas compras da China (53,4%). Para o segmento de papel, a América Latina ampliou em 8,3% o volume monetário de transações no comparativo com o ano anterior, chegando a US$ 533 milhões. A comercialização para o mercado externo de painéis de madeira, por sua vez, demonstrou avanço de 8,8% na totalidade dos destinos em valor.

Por outro lado, o Ibá destaca que a greve dos caminhoneiros trouxe impactos para o setor. De abril para maio houve quedas nas produções de 7,9% para celulose e 11,8% para o papel.  Nas exportações, o segmento de painéis de madeira apresentou recuo de 7,3%, enquanto papel caiu 18,6%. Apesar das paralisações, não houve desabastecimento. 

 

Contato