Em mercados / agro

Exportações de café da Colômbia devem ter a maior alta em 24 anos, estima USDA

Safra deve chegar a 14 milhões de sacas, posicionando-o como o terceiro maior país produtor do grão

café
(flickr)

As exportações de café da Colômbia devem crescer no ciclo 2016/17, chegando a 12,84 milhões de sacas, a maior alta em 24 anos, estima o mais recente relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês). Já a safra colombiana de café, projeta o USDA, deve alcançar 14 milhões de sacas, o que posiciona o país como o terceiro maior produtor do grão.

Segundo o USDA, os embarques de café colombiano de qualidade superior têm aumentado, atingindo cerca de 40% da pauta exportadora do país. “As vendas desta categoria de produtos crescem à medida que cafés orgânicos e certificados estão sendo mais valorizados nos mercados internacionais”, aponta o relatório.

Por outro lado, as exportações brasileiras de café devem sofrer uma queda de um milhão de sacas na temporada 2016/17, se situando na casa das 34,23 milhões. O USDA assinala que enquanto a produção brasileira de café arábica tem estimativa de alta, a safra nacional de robusta tem previsão de queda, impactada  pela estiagem nos polos produtores desta variedade, especialmente no Espírito Santo.

 

 

Contato