Em mercados / agro

Brasil eleva comercialização de biocombustíveis em 2015

No ano passado, as vendas de etanol (anidro e hidratado) somaram 28,796 bilhões de litros, alta de 19,6% sobre os números de 2014

posto de gasolina 2
(Reuters)

SÃO PAULO - Dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Combustíveis (ANP) apontam que as vendas de combustíveis no mercado brasileiro em 2015 totalizaram 141,811 bilhões de litros, o que representa uma redução de 1,9% em relação aos 144,541 bilhões de litros registrados em 2014. Em contrapartida, apenas a comercialização de etanol e biodiesel apresentaram crescimento no período.

No ano passado, as vendas de etanol (anidro e hidratado) somaram 28,796 bilhões de litros, alta de 19,6% sobre os números de 2014. Segundo a consultoria DATAGRO, o consumo de biocombustível foi recorde: 17,82 bilhões de litros, com destaque para dezembro, onde o volume chegou a 1,5 bilhão de litros.

Em relação ao biodiesel, o aumento nas vendas foi de 17,4%, passando de 3,410 bilhões de litros em 2014, para 4,005 bilhões de litros em 2015. Esse crescimento se deu pelo aumento do teor de adição de biodiesel ao óleo diesel A em 2014, de 5% para 6% em julho e de 6% para 7% em novembro, em contraste com o ano de 2015, quando em todo o período houve vigência da mistura de 7%.

Para os outros combustíveis, o óleo diesel B teve redução de 4,7% na comercialização. Para a gasolina C a retração foi de 7,3%; para o GLP 1,2%; no caso do QAV baixa de 1,5%; o GNV apresentou redução de 2,8%.

 

Contato