Agenda

Agenda desta 5ª tem balança comercial dos EUA e IPC-S no Brasil

Na Europa, Banco Central Europeu e Banco da Inglaterra realizam reuniões para decidir sobre futuro de suas taxas de juro

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Na agenda doméstica desta quinta-feira (8), o destaque fica com o IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor Semanal), que apesar da periodicidade semanal, calcula a taxa mensal da variação dos preços até meados da semana anterior àquela em que será divulgado.

Enquanto isso, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apresenta a Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física – Regional e o evantamento Sistemático da Produção Agrícola.

Nos EUA, será divulgado o Initial Claims, índice que mede o número de pedidos de auxílio-desemprego no país e é utilizado com um termômetro da atividade econômica local. Além disso, teremos a balança comercial, que é divulgada mensalmente pelo Departamento de Comércio do país. Seu propósito é identificar as diferenças entre o valor das importações e exportações nos EUA.

Agenda brasileira:

IndicadoresHorário de BrasíliaReferênciaAnterior
IPC(S)08h001ª Quadr/Nov0,48%
Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física – Regional09h00Setembro

Levantamento Sistemático da Produção Agrícola/IBGE

09h00Outubro

Agenda internacional:

IndicadoresHorário de BrasíliaReferênciaAnterior
EUA – Initial Claims11h30Sem até 3/11363 mil
EUA – Trade Balance11h30Setembro-44,20 bilhões 
Reunião do Banco Central da Inglaterra – BoE10h000,50%
Zona do Euro – Reunião do BCE10h450,75%

Zona do euro e Ásia
Já no Velho Continente, teremos as reuniões do BoE (Banco Central da Inglaterra) e do BCE (Banco Central Europeu), que irão discutir sobre a taxa de juros de suas respectivas regiões.

Ainda por lá, a Alemanha divulga seu indicador de transações correntes e sua balança comercial, enquanto a Espanha realiza um novo leilão de títulos de sua dívida.

Por fim, na China, serão apresentados os índices de preços ao consumidor e preços ao produtor do país.

Haverá o Painel Parlamentar da União Europeia, debatendo sobre a União Bancária, enquanto na Itália ocorrerá leilão de títulos da dívida do país. 

PUBLICIDADE