Crise grega

Acordo com a Grécia demandará esforço “hercúleo”, diz presidente do BoE

As declarações são uma mostra de como as autoridades de fora da zona do euro acompanham atentamente o progresso envolvendo a dívida grega

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

O presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Mark Carney, disse nesta terça-feira que a implementação do acordo alcançado entre a Grécia e seus credores por um terceiro pacote de ajuda exigirá um esforço “hercúleo” de todos. “A tarefa da execução será extremamente difícil para todas as partes envolvidas”, afirmou Carney, durante um discurso a parlamentares britânicos.

As declarações são uma mostra de como as autoridades de fora da zona do euro acompanham atentamente o progresso envolvendo a dívida grega. O governo de esquerda de Atenas tem até a quarta-feira para persuadir os parlamentares do país a aceitar os termos duros da mais recente proposta dos parceiros da zona do euro.

Carney disse que o risco de que os problemas da Grécia se disseminem para além do próprio país e atinjam a economia europeia em geral são menores que nos últimos anos, mas há ainda “algum risco de contágio”.

Aprenda a investir na bolsa

O dirigente do BOE disse que o BC do Reino Unido concorda com a avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI) de que as dívidas da Grécia são insustentáveis, em sua forma atual.