Em mercados / acoes-e-indices

CVM determina suspensão de atuação de empresa LBLV, apoiada por Ronaldinho Gaúcho

Segundo a autarquia, empresa capta clientes de maneira irregular para a realização de operações com derivativos em geral e no mercado Forex

Forex
(Shutterstock)

SÃO PAULO – A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) soltou alerta nesta manhã informando que a empresa LBLV Ltd. atua de maneira irregular no mercado de Forex. Com endereço comercial nas ilhas Seychelles, a LBLV tem o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho como garoto propaganda em seu site.

ronadinho

“A área técnica detectou que a empresa, por meio do site, de eventos presenciais, de redes sociais e demais meios efetua a captação irregular de clientes para a realização de operações com derivativos em geral e no denominado mercado Forex”, diz a CVM, em nota.

Forex é um acrônimo da expressão em inglês Foreign Exchange Market e envolve negociações com pares de moedas estrangeiras, revelando a existência de instrumentos financeiros por meio dos quais são transacionadas taxas de câmbio. Na prática, suas operações correspondem à compra de uma moeda e venda de outra simultaneamente.

A empresa não está autorizada pela CVM a captar clientes residentes no Brasil. A autarquia determinou a suspensão imediata de veiculação de qualquer oferta pública, de forma direta ou indireta, a investidores residentes no Brasil de oportunidades de investimento no mercado Forex, por qualquer meio.

Em caso de descumprimento, os envolvidos estarão sujeitos à aplicação de multa diária no valor de R$ mil.

Se você tiver recebido proposta de investimento por parte da LBLV, pode entrar em contato com a CVM por meio do Serviço de Atendimento ao Cidadão, preferencialmente fornecendo detalhes da oferta e a identificação das pessoas envolvidas, para que a autarquia possa tomar as devidas providências.

Forex na berlinda

Neste ano, a CVM já publicou alguns alertas informando sobre a atuação irregular de empresas no mercado de Forex, envolvendo nomes como LiteForex e FX Trading Corporation.

Na semana passada, a autarquia soltou um alerta informando que a empresa Robô Investe e seu fundador, Jader Jose de Oliveira Junior, não estão autorizados a exercer quaisquer atividades no mercado de valores mobiliários.

Invista seu dinheiro com quem entende do mercado financeiro: abra uma conta na XP – é de graça!

 

Contato