Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa reduz ganhos puxado por bancos após leitura do relatório da Previdência

Investidores repercutem texto que traz economia de R$ 915 bilhões em dez anos

gráfico
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O Ibovespa sobe nesta quinta-feira (13), mas reduz ganhos após a leitura do parecer da reforma da Previdência pelo deputado Samuel Moreira (PSDB-SP). Lá fora, o petróleo sobe 2% com o ataque a dois navios petroleiros perto do estreito de Hormuz, no Golfo de Omã, e impulsiona a Petrobras. 

Às 16h32 (horário de Brasília), o o principal índice acionário da B3 tinha alta de 0,33% a 98.641 pontos, enquanto o dólar comercial cai 0,29% a R$ 3,8562 na compra e a R$ 3,8574 na venda. O dólar futuro para julho tem queda de 0,25% a R$ 3,862. 

O relatório entregue por Moreira hoje mantém a idade mínima de aposentadoria em 62 anos para mulheres e 65 anos para homens, conforme a proposta original do governo. Como já havia sido sinalizado pelo relator, a idade mínima para as professoras será de 57 anos, e não 60 anos como na proposta original. O relatório mantém idade mínima de 55 anos para policiais e agentes penitenciários. Clique aqui e confira o relatório na íntegra.

Segundo Ari Santos, gerente de operações da H. Commcor, a confirmação de que será elevada a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) para bancos prejudica o setor financeiro, que é quem limita a alta da Bolsa. 

No entanto, ele acredita que este seja um movimento temporário. "Na semana passada os bancos já caíram por causa disso. "Agora é praticamente uma afirmação o aumento da CSLL dos bancos. Se o Itaú, por exemplo, lucrou R$ 24 bilhões no ano passado, com o aumento das alíquotas, isso diminuiria para R$ 22 bilhões ou R$ 23 bilhões [o lucro do banco]. Isso não é o suficiente para nunca mais comprarmos Itaú", avalia. 

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!

Adicionalmente, novas revelações de diálogos divulgados ontem à noite pelo site The Intercept mostram que o coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, teria relatado apoio do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, ao ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, em embate contra o ex-ministro do Supremo Teori Zavascki.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2021 recua 12 pontos-base a 6,07% e o DI para janeiro de 2023 registra perdas de 11 pontos-base a 7,01%. 

Noticiário corporativo

A Petrobras (PETR3; PETR4) anunciou ontem à noite corte médio de R$ 0,10 no litro de diesel nas refinarias. O reajuste tem vigência a partir de hoje. Com o corte, o preço médio do diesel cai de R$ 2,166 por litro para R$ 2,066, queda de 4,616%. O anúncio da empresa veio pouco após comunicado de que a diretoria executiva aprovou a revisão acabando com a periodicidade de reajustes.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) acolheu o oferecimento de um seguro garantia da Braskem (BRKM5) e suspendeu uma decisão que impedia a realização de uma assembleia geral para a distribuição de dividendos da empresa. A suspensão da liminar está condicionada ao oferecimento do seguro garantia no valor integral dos dividendos a serem distribuídos, aproximadamente R$ 2,6 bilhões.

Em meio à disputa por seu controle, Netshoes reafirmou o seu apoio à proposta da Magazine Luiza (MGLU3). Segundo a empresa, após a elevação da proposta pela Centauro (CNTO3), uma nova oferta foi feita pela Magazine Luiza, elevando sua proposta para US$ 3,70 por ação.

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 BRFS3 BRF SA ON 28,50 +5,56 +29,96 287,47M
 SUZB3 SUZANO S.A. ON 31,91 +5,45 -15,28 259,61M
 MRFG3 MARFRIG ON 6,83 +4,92 +25,09 39,61M
 IGTA3 IGUATEMI ON 43,34 +4,23 +6,54 106,42M
 ESTC3 ESTACIO PARTON 30,33 +4,23 +30,69 86,94M

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 JBSS3 JBS ON 21,60 -2,39 +86,39 667,22M
 BBDC3 BRADESCO ON EJ 32,02 -2,35 +13,86 80,64M
 ITUB4 ITAUUNIBANCOPN 33,82 -2,25 +0,27 939,14M
 BBDC4 BRADESCO PN EJ 35,89 -1,91 +11,77 872,54M
 ELET6 ELETROBRAS PNB 36,21 -1,74 +28,54 136,37M
* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)

Reforma da Previdência

Para compensar parte da perda de economia com a retirada de pontos da proposta de reforma da Previdência enviada pelo governo, o relatório do deputado Samuel Moreira prevê a retomada da cobrança da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) dos bancos pelas alíquotas vigentes até dezembro do ano passado. No fim de 2018, a cobrança das instituições financeiras caiu de 20% para 15%.

De acordo com o relatório, a recomposição das alíquotas da CSLL para os bancos significa um reforço fiscal de R$ 50 bilhões em dez anos.

A medida sozinha não é suficiente para recompor a economia esperada originalmente pelo governo com a reforma. Enquanto o texto original previa um impulso fiscal de R$ 1,2 trilhão em dez anos, Moreira disse nesta quinta que o seu parecer garante um impacto em torno de R$ 915 bilhões no período.

De acordo com assessoria do deputado, o impacto fiscal previsto após ajustes feitos à proposta de reforma da Previdência é de R$ 913,4 bilhões em 10 anos. Contudo, a este valor, propõe-se adicionar R$ 217 bilhões previstos em 10 anos de receitas, também em 10 anos, com o fim da transferência de recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Assim, no total, o relator prevê economia de R$ 1,13 trilhão. O governo previa economia de R$ 1,236 trilhão, em 10 anos.

O relatório da reforma da Previdência ainda estabelece que as alíquotas previdenciárias pagas pelos servidores ativos, aposentados e pensionistas estaduais e municipais subirão para 14% (quando menores que isso), até que os governos locais aprovem leis sobre o tema. O parecer não estabelece prazo para que Estados e municípios aprovem legislações próprias.

 

Contato