Em mercados / acoes-e-indices

O mercado adorou a Previdência nas mãos do Centrão; entenda como aproveitar

No Analistas Sem Censura desta terça, os especialistas da Nord Research falam sobre as boas notícias políticas recentes

SÃO PAULO - Depois de muitas "caneladas" do governo Bolsonaro, o Centrão decidiu tomar para si as rédeas da Reforma da Previdência, o que pode ser bom para a renda variável, já que capacidade de articulação é uma das principais qualidades de um dos maiores expoentes desse bloco, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Os analistas da Nord Research, Bruce Barbosa, Marilia Fontes e Rafael Ragazi, falaram sobre a reação dos investidores à iniciativa do Congresso de trabalhar pela reforma à revelia do governo.

Para Barbosa, a aproximação do ministro da Economia, Paulo Guedes, de Maia, aumenta as chances de aprovação da Previdência e é isso que a Bolsa está repercutindo. Já Ragazi ressalta que esse momento de redefinição de expectativa é uma grande oportunidade para comprar ações. 

"O que importa é aprovar a reforma, não importa de quem é o carimbo. O Guedes comentou que essa redução das projeções do [Produto Interno Bruto] PIB é uma percepção de que o governo não entregou nada ainda", avalia Ragazi. 

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações

 

Contato