Em mercados / acoes-e-indices

Adiamento do resultado da Light, prejuízo da Minerva e mais destaques do after-market

Veja o que movimentou o noticiário corporativo depois do fechamento da B3

Fogo de Chão
(divulgação)

SÃO PAULO - A temporada de resultados teve seu penúltimo dia nesta terça-feira (14), e teve como destaque o resultado da Minerva (BEEF3), que registrou um prejuízo líquido de R$ 31,4 milhões no primeiro trimestre de 2019. Também deve fazer barulho o adiamento da divulgação do balanço da Light (LIGT3). Confira mais destaques entre as demonstrações financeiras que agitaram o mercado depois do fechamento da B3:

Minerva

O frigorífico Minerva (BEEF3) teve prejuízo líquido de R$ 31,4 milhões, bem menor que o prejuízo de R$ 114,7 milhões que a empresa teve no primeiro trimestre de 2018. Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações, na sigla em inglês) ajustado da companhia ficou em R$ 328,8 milhões, o que corresponde a um crescimento de 15,4% contra o mesmo período do ano passado. A receita líquida também aumentou, atingindo R$ 3,728 bilhões – avanço de 5,6% ano a ano. A mediana das expectativas dos analistas consultados pela Bloomberg era de receita de R$ 3,633 bilhões. 

Light

A companhia de distribuição de energia elétrica Light (LIGT3) adiou a divulgação do seu resultado do primeiro trimestre de 2019 para 15 de maio após o fechamento da Bolsa. 

Guararapes

A empresa de confecção têxtil Guararapes (GUAR3) registrou um lucro líquido de R$ 29,3 milhões no primeiro trimestre de 2019, uma queda de 42,7% sobre o mesmo período do ano passado. O Ebitda ajustado cresceu 6,5% e atingiu R$ 188,8 milhões nos primeiros três meses do ano. Por fim, a receita líquida chegou a R$ 1,623 bilhões, subindo 8,4% na comparação anual. 

Tupy

A companhia metalúrgica especializada em fundição de blocos e cabeçotes Tupy (TUPY3) registrou um lucro líquido de R$ 80,442 milhões no primeiro trimestre deste ano, mostrando expansão de 41,4% contra os três primeiros meses do ano passado. Já o Ebitda ajustado foi de R$ 136,9 milhões, caindo 7,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. A receita líquida, por sua vez, avançou 21% na base anual e chegou a R$ 1,282 bilhões. 

 

Contato