Em mercados / acoes-e-indices

Minas vai vender subsidiárias da Cemig nos próximos meses, afirma Romeu Zema

Governador mineira ainda afirmou que o estado espera arrecadar entre R$ 3 bilhões e R$ 4 bilhões com a privatização da Cemig e cerca de R$ 5 bilhões com a venda da estatal de saneamento Copasa

Romeu Zema
(Leandro Viana)

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, afirmou que o estado planeja a venda de participações da Cemig (CMIG4) em empresas como Santo Antônio, Taesa (TAEE11), Light (LIGT3) e Energisa (ENGI11).

Durante a XP Investments Conference Brazil: First 100 Days, realizada em Nova York, Zema ainda afirmou que Minas espera arrecadar entre R$ 3 bilhões e R$ 4 bilhões com a privatização da Cemig e cerca de R$ 5 bilhões com a venda da estatal de saneamento Copasa (CSMG3). 

Zema ainda comentou a investigação da Polícia Federal na Cemig com a deflagração da operação "E o vento levou". A polícia apura o aporte de R$ 850 milhões na empresa Renova Energia (RNEW11) e posterior repasse de parte desse valor, por superfaturamento de um contrato com a empresa Casa dos Ventos e transferência a várias empresas.

O dinheiro era convertido em espécie e distribuído às pessoas. Além de executivos e acionistas da Cemig, Renova Energia e Casa dos Ventos, são investigados suspeitos ligados à empresa Andrade Gutierrez, além de operadores financeiros.

De acordo com Zema, com a investigação da Polícia Federal, “com certeza” vai aparecer algo grave no caso.

(Com Bloomberg)

Invista melhor o seu dinheiro. Abra uma conta gratuita na XP.

 

Contato