Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa cai 1% com Petrobras, Vale e bancos; mercado espera acordo entre China e EUA

Entre hoje e quarta-feira, autoridades da China e dos Estados Unidos terão conversas preliminares sobre um acordo para colocar fim à guerra tarifária

Mercado queda
(JMiks)

SÃO PAULO - O Ibovespa inicia a semana em campo negativo pressionado pelas perdas de Petrobras (PETR3;PETR4), Vale (VALE3) e bancos, enquanto os investidores esperam por uma nova rodada de negociações entre China e Estados Unidos.

Às 15h18 (horário de Brasília), o Ibovespa caía 1,14%, a 94.256 pontos, após chegar na mínima do dia em 93.736 pontos. O contrato de dólar futuro com vencimento em março de 2019 tinha alta de 0,95%, cotado a R$ 3,770, e o dólar comercial avançava 0,83%, para R$ 3,764. 

O contrato de juros futuros com vencimento em janeiro de 2021 subia de 7,22% para 7,26%, e o contrato para janeiro de 2023 avançava de 8,33% para 8,39%.

Entre hoje e quarta-feira, autoridades da China e dos Estados Unidos terão conversas preliminares sobre um acordo para colocar fim à guerra tarifária. Os encontros abrirão caminho para uma missão de alto nível do governo de Donald Trump se reunir na quinta e sexta com uma equipe da China em Pequim. A trégua entre os países vale até o fim deste mês e, se não houver acordo, as tarifas mais altas ao produtos chineses entram em vigor em 1 de março.

Ainda nos Estados Unidos, a lei provisória que suspendeu a paralisação do governo Trump termina na sexta-feira (15) e um novo shutdown está no radar dos investidores, uma vez que democratas e republicanos parecem estar distantes de entrar em um consenso sobre a construção de um muro na fronteira com o México - situação que emperra o acordo sobre o orçamento.

O minério de ferro disparou até 8% (variação máxima permitida por lá) na bolsa de Dalian, no maior patamar em mais de um ano, seguindo a repercussão do desastre ocorrido em Brumadinho e os desdobramentos envolvendo a Vale.

A demanda por minério continua forte após o recente desastre da Vale em Brumadinho (MG) e os subsequentes efeitos na produção da mineradora brasileira. A oferta tende a ficar restrita ao menos no curto prazo, uma vez que a maior parte dos embarques de minério da Vale tem a China como destino.

Não espere pela Previdência Social. Invista melhor seu dinheiro hoje: abra uma conta de investimentos na XP.

Também no radar dos investidores estão a saúde do presidente Jair Bolsonaro, as negociações para colocar em votação a reforma da Previdência e a nova polêmica envolvendo o PSL.

O jornal Folha de S. Paulo revelar que uma candidata laranja teria recebido R$ 400 mil de dinheiro público na eleição de 2018. O valor a torna a terceira maior beneficiada pela verba do PSL em todo o país - mais do que o próprio presidente Jair Bolsonaro e a deputada Joice Hasselmann (SP), essa com 1,079 milhão de votos. A candidata Maria de Lourdes Paixão, que oficialmente concorreu a deputada federal, teve apenas 274 votos.

Destaques da Bolsa

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 SBSP3 SABESP ON 39,41 -6,59 +25,11 132,26M
 BRAP4 BRADESPAR PN 26,12 -3,69 -15,87 36,32M
 MRFG3 MARFRIG ON 5,74 -3,20 +5,13 10,19M
 QUAL3 QUALICORP ON 14,68 -3,17 +13,89 39,43M
 ECOR3 ECORODOVIAS ON 10,81 -2,88 +15,25 22,40M

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 CIEL3 CIELO ON 10,88 +2,64 +22,38 80,93M
 GOLL4 GOL PN N2 27,73 +2,59 +10,48 56,55M
 BRKM5 BRASKEM PNA 53,15 +2,05 +12,18 95,28M
 ABEV3 AMBEV S/A ON 18,52 +1,65 +20,42 346,23M
 MRVE3 MRV ON 14,67 +1,31 +18,69 34,90M
* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)

Bolsas mundiais

Os índices futuros dos Estados Unidos operam perto da estabilidade à espera de novidades sobre a guerra comercial entre o país e a China. 

As bolsas europeias operam em alta também movidas pelas expectativas de uma segunda rodada de negociações entre China e Estados Unidos. A bolsa chinesa voltou do feriado que manteve os negócios fechados por uma semana com forte alta, enquanto o índice do Japão caiu 2%. 

No mercado de petróleo, a expectativa com as negociações entre China e Estados Unidos e os receios com o crescimento das economias globais pressionam os preços.

Reforma da Previdência

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse na sexta-feira (8) que as mudanças nas regras previdenciárias dos militares irão tramitar junto com a reforma do sistema previdenciário geral. “É um numa semana, outro na outra ou na mesma semana”, declarou. Maia reafirmou ainda a intenção de concluir a votação da reforma até junho deste ano.

O deputado disse que dará continuidade nesta semana a agendas com governadores para dialogar sobre as mudanças na Previdência. Ele negocia um pacote de ajuda aos Estados em troca de apoio à aprovação da reforma da Previdência. Maia propõe a elevação de R$ 3 bilhões para R$ 8 bilhões da transferência de recursos da União em 2019 para os Estados como ressarcimento da lei Kandir.

A pauta deve incluir ainda projetos de securitização da dívida dos Estados (espécie de venda dos débitos por meio de títulos), a prorrogação, de 2024 para 2028, do prazo para Estados e municípios quitarem seus precatórios (cobranças de dívidas do poder público com cidadãos ou empresas após condenação judicial), maior acesso ao programa de socorro do governo federal aos Estados e ajuda financeira de curto prazo.

Enquanto isso, a equipe econômica se prepara para a batalha pela idade mínima igual para aposentadoria, ponto que é uma das principais polêmicas na proposta de reforma vazada na imprensa na semana passada. 

Além da expectativa de vida, que é maior para mulheres, a área econômica reuniu dados salariais dos mais jovens para mostrar que a desigualdade de renda por gênero tem caído de forma acelerada nos últimos anos. Enquanto homens entre 50 e 59 anos ganham em média 41,7% a mais que as mulheres dessa idade, a diferença cai a 6,5% na faixa entre 15 e 19 anos. 

De acordo com assessores ouvidos pelo jornal Valor Econômico, Bolsonaro tem defendido que a reforma precisa considerar as diferenças regionais do país e costuma citar, por exemplo, que é difícil estabelecer 65 anos no Piauí, onde a expectativa de vida é 69.

Não espere pela Previdência Social. Invista melhor seu dinheiro hoje: abra uma conta de investimentos na XP.

Ainda segundo o Valor Econômico, Bolsonaro acredita que será mais facilmente aprovada idade mínima de aposentadoria em 62 anos para os homens e 57 para as mulheres, com aumento gradativo até 65 anos, como propôs a equipe econômica.

Noticiário político 

Jair Bolsonaro completou ontem duas semanas de internação e apresenta "boa evolução", conforme os médicos, e o presidente disse, em entrevista ao SBT, que pretende sair do hospital na terça-feira (12).

Seu retorno deve ser marcado pela tentativa de união de um governo fragmentado, com propostas sem conexão e com agendas próprias, que se desenvolveu enquanto está no hospital. Além disso, a Bloomberg noticiou que tem causado incômodo ao núcleo familiar e a conselheiros de Bolsonaro a movimentação do vice, general Hamilton Mourão, que busca ocupar espaços no governo, levantando nos corredores do palácio presidencial teorias da conspiração das mais diversas.

Polêmica envolvendo seu partido, o PSL, também ganha fôlego neste início de semana após o jornal Folha de S. Paulo revelar que uma candidata laranja teria recebido R$ 400 mil de dinheiro público na eleição de 2018. O valor a torna a terceira maior beneficiada pela verba do PSL em todo o país - mais do que o próprio presidente Jair Bolsonaro e a deputada Joice Hasselmann (SP), essa com 1,079 milhão de votos. A candidata Maria de Lourdes Paixão, que oficialmente concorreu a deputada federal, teve apenas 274 votos.

Gustavo Bebianno, ministro da Secretaria-Geral da Presidência, negou ter sido o responsável pela decisão de transferir os valores. 

Enquanto isso, no Congresso, atenção para as negociações em torno do comando das principais comissões permanentes. A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) é uma das mais estratégicas para a tramitação da proposta de reforma da Previdência e tem como principal candidata a senadora Simone Tebet (MDB-MS). Na Câmara, o PSL, almeja o comando desta comissão.

 

Contato