Em mercados / acoes-e-indices

Queda de ações da Vale não compromete pagamento de benefícios, diz Previ

O fundo de pensão afirmou que segue acompanhando os desdobramentos do acidente de Brumadinho

gráfico queda
(Shutterstock)

A Previ, fundo de pensão do Banco do Brasil e uma das principais sócias da Vale, informou que, apesar da forte queda das ações da Vale no mercado acionário, não terá problema de pagar os benefícios de seus associados, e que também não há necessidade de vender as ações da mineradora.

Os papéis da Vale fecharam em queda de 24,52%, impactados pela tragédia do rompimento de uma barragem da Vale em Brumadinho, Minas Gerais.

"Sobre o impacto negativo da desvalorização das ações da companhia no Balanço da Previ, a Entidade informa que possui uma carteira de ativos diversificada, capaz de absorver os efeitos de curto prazo desse evento", disse a Previ em nota.

O fundo de pensão afirmou que segue acompanhando os desdobramentos do acidente de Brumadinho, "que afetou fortemente o preço das ações da Vale, na qual é sócia relevante", explicou. "A Previ reafirma sua solidariedade com o sofrimento das vítimas e seus familiares", concluiu a entidade em nota.

Invista melhor seu dinheiro: abra uma conta de investimentos na XP.

 

 

Contato