Em mercados / acoes-e-indices

As 3 ações que mais celebraram os primeiros anúncios dos novos governos

Anúncios e medidas dos governos de Jair Bolsonaro e João Doria fizeram ações dispararem até 50% só hoje

Investidor feliz
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O primeiro dia do ano, e do novo governo, foi de euforia generalizada no mercado brasileiro. Diante das falas dos novos ministros, do otimismo com as medidas de Jair Bolsonaro e também com a notícia de que o PSL irá apoiar a reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a Câmara dos Deputados, o Ibovespa fechou em sua máxima histórica, em 91 mil pontos.

Diante de toda esta euforia, apenas seis ações do índice fecharam no negativo, enquanto 12 papéis tiveram ganhos de mais de 5%. Entre os destaques, as estatais e bancos tiveram ganhos expressivos, mas foram três ações em especial (uma fora do Ibovespa) que mais chamaram atenção.

A Eletrobras disparou 20% após sinalizações de que o presidente da companhia continuará no cargo e dará seguimento ao processo de privatização. Enquanto isso, a Sabesp saltou 8% após o novo secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles, afirmar que o governo estadual estuda a privatização da empresa.

Já a Forjas Taurus teve alta de 50% diante das recentes declarações de Bolsonaro para garantir por decreto  a posse de armas para cidadão sem antecedentes criminais.

Confira por que estas três ações dispararam hoje:

Eletrobras (ELET3; ELET6)
As ações da Eletrobras passaram a disparar hoje com as sinalizações do novo ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque Júnior, e a notícia de que Wilson Ferreira Jr. permanecerá à frente da estatal.

O ministro, que assumiu o cargo nesta quarta, afirmou que dará prosseguimento ao processo de capitalização da Eletrobras. O processo, iniciado durante o governo do ex-presidente Michel Temer, previa a privatização da elétrica através da emissão de ações.

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!

Após participar da cerimônia, o presidente da Eletrobras afirmou que recebeu o convite do ministro Bento Albuquerque para permanecer à frente da estatal.

Para os analistas do Itaú BBA, Wilson Ferreira Jr. "está bem preparado para retomar o processo [de capitalização da Eletrobras] devido ao seu histórico sólido, além de ser uma das poucas pessoas que ficaram no setor e que ajudaram a construir o processo original".

Além disso, eles ressaltam que a capitalização é um processo "ganha-ganha", que seria vantajoso tanto para o governo federal quanto para os acionistas minoritários. "A empresa, administrada como uma entidade quase privada, poderia ter um valor de mercado de R$ 100 bilhões, contra um valor de mercado atual de R$ 35 bilhões", afirmam.

Os analistas ainda projetam uma criação potencial de valor entre R$ 40 e R$ 50 bilhões, o que implica em preços-alvo de R$ 51 para as ações ordinárias e de R$ 58 para as preferenciais, o que representa ganhos de 78% e 84% sobre os preços atuais, respectivamente.

Vale destacar ainda uma outra notícia no radar da empresa hoje. A Eletrobras receberá R$ 161,9 milhões do acordo de leniência entre o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e a Odebrecht. As empresas da Eletrobras beneficiadas pelo acordo receberão valores em 21 parcelas anuais, corrigidas pela Selic, a partir de outubro deste ano.

Segundo a empresa, a adesão ao acordo é uma “oportunidade de fazer retornar à Eletrobras parte dos recursos a que a companhia tem direito, diante dos prejuízos causados pela Odebrecht, decorrentes do esquema de corrupção desvendado pela Operação Lava Jato”.

Sabesp (SBSP3)
As ações da Sabesp dispararam após o novo secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles, afirmar que o governo estadual estuda a privatização da Sabesp ou o aumento de capitalização.

Meirelles disse ainda, em coletiva realizada após cerimônia de posse no Palácio dos Bandeirantes, que a decisão final depende da estrutura normativa do governo federal.

Vale destacar que, com a mudança de governo, a Sabesp informou que Karla Bertocco Trindade renunciou à presidência. No início deste mês, o governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou a indicação de Benedito Braga para comandar a estatal.

Para a equipe do Morgan Stanley, em uma avaliação preliminar, as ações da Sabesp poderiam valer R$ 61 com a privatização, o que representa uma alta de 94% sobre o preço atual. O preço avalia consideráveis melhorias operacionais e de governança no novo cenário.

Forjas Taurus (FJTA3; FJTA4)
Após as ações ordinárias saltarem 180% em 2018 e serem a maior alta do Ibovespa no ano, 2019 começa com forte alta para os ativos, com ganhos de até 30%.

O último ano foi marcado pela expectativa de que o presidente recém-empossado, Jair Bolsonaro, facilite o acesso a armas no País, o que levou a fortes ganhos dos papéis apesar da visão de que também pode haver a facilitação da entrada de fabricantes estrangeiros no Brasil, o que prejudicaria a companhia. 

No último sábado, Bolsonaro fez uma publicação no Twitter em que evidenciou os planos de garantir por decreto  a posse de armas para cidadão sem antecedentes criminais. 

"Por decreto pretendemos garantir a POSSE de arma de fogo para o cidadão sem antecedentes criminais, bem como tornar seu registo definitivo", afirmou o presidente.

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!

 

Contato