Em mercados / acoes-e-indices

Índice de ações brasileiras sobe 2,33% com bom humor em Wall Street e indicação ao Banco Central

A equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro indicou o diretor do Santander, Roberto Campos Neto, para presidir o Banco Central  

gráfico Ibovespa dólar alta queda
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Em dia de B3 fechada devido ao feriado nacional de Proclamação da República, os ADRs (American Depositary Receipts) das empresas brasileiras negociadas em Nova York aceleraram a alta observada desde a abertura do mercado após o anúncio do próximo presidente do Banco Central. O alívio do mau humor em Wall Street, que abriu em queda e encerrou com alta de 1%, impulsionou os ativos brasileiros. 

O índice Dow Jones Brazil Titans, que reúne os principais ADRs de empresas brasileiras negociados nos Estados Unidos, fechou em alta de 2,33%, aos 22.586 pontos. O índice chegou a subir quase 2,5% após o anúncio. Entre os destaques de alta estão os ativos da CSN, que avançaram mais de 4,47% e do Bradesco, que subiram 3,06%.

Nesta tarde, a equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou a indicação do  diretor do Santander, Roberto Campos Neto, foi indicado para presidir o Banco Central. 

O economista passará por sabatina na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) do Senado e terá de ter seu nome aprovado para assumir o comando do Banco Central. O escolhido pela equipe de Bolsonaro também precisará ser aprovado pelo Plenário da Câmara dos Deputados. 

Ele já era cotado para o cargo, mas a informação foi confirmada nesta quinta-feira (15). Mais cedo, o atual presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn confirmou que deixará o cargo no fim de 2018.

Além disso, o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou a permanência do economista Mansueto Almeida no cargo de secretário do Tesouro Nacional, que ocupa desde abril deste ano.

Em Wall Street, os índices abriram em queda pressionados pelas baixas nas ações de empresas de tecnologia, mas passou a subir puxados pelas valorizações das ações do JP Morgan e da Apple. O índice Dow Jones, que chegou a cair 1% na abertura, atenuou suas perdas e encerrou em alta de 0,83%, o S&P 500 e o Nasdaq subiram 1,06% e 1,72%, respectivamente.

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na XP e conte com assessoria especializada e gratuita

O mercado por lá também repercute positivamente a divulgação de um relatório que informa que os Estados Unidos e a China dobraram os esforços para chegar a um acordo na reunião do G20 ao fim deste mês.

As bolsas europeias reverteram os ganho da abertura e encerraram nas mínimas das últimas duas semanas com um 'sell-off" em meio às preocupações com a crise enfrentada pelo governo da primeira-ministra britânica, Theresa May, sobre o Brexit. Quatro ministros do Reino Unido pediram demissão e May descartou a possibilidade de que ela mesma deixe o governo. 

Os preços do petróleo encerraram em alta pela segunda sessão seguida, apesar do aumento dos estoques de combustível nos Estados Unidos. A Opep considera um corte na produção de petróleo de até 1,4 milhão de barris por dia em 2019 para evitar o aumento da oferta global da commodity.

Confira o desempenho dos principais ADRs brasileiros na NYSE:

Empresa ADR Variação Preço
Dow Jones Brazil Titans BR20 +2,33% 22.586 pontos
Petrobras PBR +2,18% US$ 14,55
Petrobras PBR.A +2,66% US$ 13,52
Vale VALE +2,75% US$ 14,93
Itaú Unibanco ITUB +2,78% US$ 13,86
Bradesco BBD +3,06% US$ 9,60
Embraer ERJ +1,96% US$ 21,87
Cemig CIG +1,35% US$ 3,00
Ambev ABEV +0,95% US$ 4,24
CSN SID +4,47% US$ 2,57
Santander BSBR -0,41% US$ 4,83
BRF BRFS +1,93% US$ 5,28
Ultrapar UGP +2,95% US$ 11,18
Sabesp SBS +2,61% US$ 7,48
Pão de Açúcar CBD +2,49% US$ 21,42
Fibria FBR +1,00% US$ 19,10
Eletrobras EBR.B +2,07% US$ 6,76
Telefônica Brasil VIV +1,53% US$ 11,92
TIM TSU +1,55% US$ 15,70
Gerdau GGB +0,74% US$ 4,06

Indicadores econômicos
As vendas no varejo nos Estados Unidos cresceram 0,8% em outubro ante o mês anterior, impulsionadas pelas compras de eletrodomésticos e equipamentos eletrônicos. As compras de veículos automotivos e de materiais de construção também avançaram, possivelmente influenciadas pelos esforços de reconstrução das áreas devastadas pelo furacão Florence.

Os pedidos de auxílio desemprego registrou uma alta inesperada na última semana, com 216 mil solicitações na última semana, 2 mil pedidos a mais do que o observado na semana anterior. 

 

Contato