Em mercados / acoes-e-indices

Com Bolsonaro presidente, Ibovespa pode chegar a 125 mil pontos no melhor cenário, diz XP

Segundo os analistas, a bolsa neste momento é o melhor ativo no Brasil

Investidor feliz
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Definida a eleição de Jair Bolsonaro (PSL) para presidente, a equipe de economia e política da XP Investimentos divulgou um relatório em que analisa os possíveis cenários para o mercado até o fim do ano que vem, considerando as primeiras medidas e possíveis reformas a serem realizadas.

Segundo os analistas, a bolsa neste momento é o melhor ativo dentro do Brasil, com potencial para o Ibovespa subir 45,8% sobre o nível atual, atingindo 125 mil pontos até o final de 2019 caso as reformas avancem no Congresso. No cenário-base da XP, a bolsa brasileira deve ficar entre 105 e 115 mil pontos.

Os setores mais beneficiados, segundo a equipe da XP, estão as empresas estatais, como Petrobras, Banco do Brasil e Cemig, assim como empresas alavancadas à atividade no Brasil, como varejo, companhias aéreas, bancos e siderúrgicas.

No caso da Petrobras, a XP já tomou uma decisão e elevou sua recomendação para "compra" das ações da estatal, com preços-alvo de R$ 33 e R$ 32 para PETR4 e PETR3, respectivamente.

Além disso, os analistas esperam que o mercado precifique a Selic entre 7,5% e 8,5% no final do próximo ano considerando o cenário mais otimista, enquanto o cenário-base é de taxa básica de juros entre 8% e 9%.

Em relação ao dólar, a XP diz que a moeda pode até cair no curto prazo para o nível de R$ 3,50 a R$ 3,70, mas não deve ter força para se sustentar, devendo se recuperar e fechando o ano que vem entre R$ 3,70 e R$ 4,00 pressionado principalmente pelo cenário de risco externo.

"Esperamos que o mercado dê a Bolsonaro o benefício da dúvida, antecipando uma agenda reformista e liberal", afirma a XP. Segundo analista político da XP, Richard Back, há espaço para o novo presidente unir uma frente de apoio dentro do Congresso, o que possibilitaria o progresso nas reformas estruturais.

Aproveite o rali da Bolsa: invista na XP com taxa ZERO para abertura e manutenção de conta!

Já para a economista-chefe da XP, Zeina Latif, os desafios são grandes e a execução no campo das reformas será crucial para o futuro da economia. Com isso, o momento agora será de foco nas mensagens do governo de transição. "Para que o ambiente positivo seja sustentável, as mensagens têm que corroborar a agenda liberal", completam os analistas.

 

Contato