Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa cai e dólar vai a R$ 4,20 por cautela antes de nova rodada de pesquisas eleitorais

A China recebeu um convite dos Estados Unidos para continuar as negociações comerciais, com o objetivo de evitar uma guerra tarifária entre as duas potências

Bolsonaro e Haddad

SÃO PAULO - O Ibovespa abriu em alta acompanhando os índices norte-americanos, mas a cautela dos investidores à espera de uma nova rodada de pesquisas eleitorais azedou o mercado, que também acompanha com atenção as movimentações dos Estados Unidos e China na tentativa de aliviar as tensões comerciais.

Às 16h22 (horário de Brasília), o Ibovespa recuava 0,56%, aos 74.703 pontos. O dólar futuro com vencimento em outubro tinha alta de 0,91%, cotado a R$ 4,207, e o dólar comercial subia 1,21%, para R$ 4,195.

As taxas dos contratos de juros futuros também passaram a subir. Mais cedo, a inflação abaixo do esperado nos EUA e a decisão surpreendente do banco central turco sustentavam a recuperação. O Banco Central da Turquia decidiu elevar a taxa de juros para 24% ao ano, acima do esperado pelo mercado e contrariando desejo do presidente Recep Tayyip Erdogan. 

A China recebeu um convite dos Estados Unidos para continuar as negociações comerciais, com o objetivo de evitar uma guerra tarifária entre as duas potências, o que seria a quinta rodada de conversas, segundo Geng Shuang, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês. Além disso, os índices norte-americanos sobem após a divulgação de inflação em agosto mais fraca do que a esperada. A média de preços subiu 0,2% ante a expectativa do mercado de alta de 0,3%.

BCE (Banco Central Europeu) confirmou a redução na compra de títulos em meados de outubro e prevê que novas compras serão suspensas até o final do ano, enquanto taxa de juros seguiu mantida em 0%.

Por aqui, a corrida eleitoral ganha mais uma dose de incerteza após Jair Bolsonaro (PSL) passar por nova cirurgia e criar ainda mais dúvida sobre sua participação na campanha deste ano. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, aliados do presidenciável já admitem a hipótese de ele não participar das atividades da campanha nem no segundo turno, caso passe para essa fase da disputa eleitoral.

O efeito imediato na campanha será um novo cessar-fogo na artilharia contra ele por parte dos seus oponentes, que já haviam retomado os ataques após pesquisas eleitorais apontarem que ele continua liderando. 

As rodadas de pesquisas seguem sendo divulgadas. O Instituto RealTime Big Data mostra Bolsonaro com 25% dos votos e liderando a corrida no primeiro turno, ao mesmo tempo em que registra situação de empate técnico no segundo turno com Ciro Gomes, Geraldo Alckmin e Fernando Haddad, mas perdendo de Marina Silva (veja a pesquisa completa clicando aqui). 

Depois do pregão é esperada a divulgação de mais uma pesquisa eleitoral, realizada pela Genial Investimentos, em parceria com o Inspe (Instituto Soleil de Pesquisa). Na sexta-feira (14), tem divulgação de levantamento da XP/Ipespe, às 10h30 (de Brasília), e Datafolha, às 19h. 

No mercado de commodities, o petróleo tipo Brent cai abaixo de US$ 80 e os preços do aço e do minério de ferro sobem após os Estados Unidos convidarem autoridades chinesas para conversas.

Quer proteger seus investimentos das incertezas das eleições? Clique aqui e abra sua conta na XP Investimentos

 

Contato