Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa fecha em alta de 1,76% e dólar cai 1% após Bolsonaro sofrer facada

Desde que a notícia saiu, o Ibovespa passou a ter forte alta, com o mercado vendo que o candidato do PSL pode se beneficiar eleitoralmente do ataque

Jair Bolsonaro
(Wilson Dias/ Agência Brasil )

SÃO PAULO - O Ibovespa acentuou os ganhos e fechou em disparada de mais de 1,7%, em um movimento coincidente com o ataque a faca contra Jair Bolsonaro (PSL) durante campanha em Minas Gerais. O benchmark da bolsa brasileira fechou com alta de 1,76%, a 76.416 pontos, enquanto o dólar comercial fechou em queda de 0,95%, a R$ 4,104. O volume  financeiro da bolsa foi de R$ 8,78 bilhões; vale destacar que a próxima sexta-feira (7) é feriado na Bolsa e, até o momento do incidente, o mercado registrava liquidez reduzida.

Contudo, desde que a notícia saiu, às 16h10, o Ibovespa registrou rapidamente alta de quase 1000 pontos, como pode ser observado na figura abaixo. Depois do fechamento da bolsa, os índices futuros de Ibovespa e da divisa americana continuam tendo uma forte reação: o contrato futuro com vencimento em outubro saltava 4,33%, enquanto o dólar futuro registrava queda de 2,39%, a R$ 4,054. Já o risco-Brasil registrou baixa de 15.430 pontos, ou 5,2%, fechando a 15.430 pontos. 

Leia mais: Bolsonaro leva facada em campanha em Minas Gerais

2018-09-06 

A avaliação do mercado é de que, com esse ataque, aumenta o sentimento de polarização no País, o que pode beneficiar o Bolsonaro nas próximas pesquisas eleitorais, em que ele já aparece como líder, mas ainda sofre por ter grande rejeição. 

Na última pesquisa Ibope, Bolsonaro apareceu com 22% das intenções de voto no primeiro turno, mas perderia nos cenários de segundo turno na disputa contra Ciro Gomes,  Marina Silva e Geraldo Alckmin, empatando tecnicamente com Fernando Haddad. O mercado passou a ver de forma positiva uma eventual vitória do candidato do PSL, principalmente por conta do plano de governo liberal e o fato de Paulo Guedes, a favor de privatizações e de reformas, ser o assessor econômico do candidato. 

"Martiriza Bolsonaro. Até porque, pelo que indica o noticiário, o agressor é de esquerda. Isso pode fortalecer o candidato", destaca um cientista político ouvido pelo InfoMoney

"Muda o cenário da eleição em favor de Bolsonaro e traz forte prejuízo ao PT", destaca Paulo Moura, cientista político e especialista em comunicação política.

Num primeiro momento, filho de Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, afirmou que o candidato do PSL passava bem, mas depois apontou uma maior gravidade do caso: "Infelizmente foi mais grave que esperávamos. A perfuração atingiu parte do fígado, do pulmão e da alça do intestino. Perdeu muito sangue, chegou no hospital com pressão de 10/3, quase morto... Seu estado agora parece estabilizado. Orem, por favor!"  

Em princípio, acreditava-se que a faca teria atingido o fígado de Bolsonaro, mas uma laparoscopia identificou três lesões no intestino e o rompimento da artéria mesentérica. Os ferimentos foram costurados e a hemorragia foi contida. A equipe médica cogita realizar uma ileostomia, procedimento que deixa uma parte do intestino na parte externa do corpo, usando uma bolsa.

A Polícia Federal prendeu Adélio Bispo de Oliveira, agressor do candidato, em flagrante logo após o esfaqueamento. Foi instaurado inquérito policial para apurar as circunstâncias do fato. A assessoria da Polícia Militar de Minas Gerais confirmou que o candidato foi retirado do local por apoiadores e levado para atendimento em Hospital Santal Casa em Juiz de Fora. 

Com a notícia, as ações de estatais passaram a subir forte, com destaque para os papéis da Eletrobras (ELET3;ELET6), enquanto a Petrobras (PETR3;PETR4), que até o final da tarde tinha leves perdas, subiu fortemente. 

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

C?d. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 ECOR3 ECORODOVIAS ON 7,65 +8,36 -35,38 47,66M
 ELET6 ELETROBRAS PNB 18,83 +6,44 -17,05 22,11M
 WEGE3 WEG ON 19,49 +4,95 +6,43 76,73M
 ELET3 ELETROBRAS ON 16,05 +4,77 -17,01 30,77M
 VIVT4 TELEF BRASILPN 40,97 +4,01 -12,92 129,25M

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

C?d. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 VVAR11 VIAVAREJO UNT N2 14,04 -4,16 -42,56 89,66M
 CIEL3 CIELO ON 14,12 -4,01 -38,50 143,51M
 KROT3 KROTON ON 9,70 -1,02 -45,82 71,73M
 JBSS3 JBS ON 9,26 -0,96 -5,10 49,60M
 TIMP3 TIM PART S/AON 11,89 -0,67 -7,68 81,45M
* - Lote de mil a??es
1 - Em reais (K - Mil | M - Milh?o | B - Bilh?o)


Quer proteger seus investimentos das incertezas das eleições? Clique aqui e abra sua conta na XP Investimentos

 

Contato