Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa cai quase 2% e bate mínima em 2 meses com exterior e eleições; dólar sobe para R$ 4,15

Índice tem forte queda enquanto dólar teve recuperação no início da tarde com fluxo pontual e ajuste do mercado

Bolsa de valores
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Em uma nova sessão de tensão entre os investidores, o Ibovespa fechou esta terça-feira (4) com forte queda, voltando para o nível dos 74 mil pontos, de olho no mau humor externo e também na tensão eleitoral, na expectativa pela pesquisa Ibope que será divulgada hoje. O dólar, por outro lado, chegou a disparar para R$ 4,19, mas virou no início da tarde e fechou próximo da estabilidade.

O benchmark da bolsa brasileira fechou com queda de 1,94%, aos 74.715 pontos - seu menor patamar desde 11 de julho -, com o volume financeiro atingindo R$ 8,538 bilhões. O dólar comercial, por sua vez, subiu 0,03%, para R$ 4,1531 na venda, em um dia predominantemente negativo no mercado internacional. Na mínima do dia, a moeda caiu para R$ 4,1434.

Os preços do petróleo, que chegaram a subir mais cedo, encerraram com leves perdas após a agência de segurança e proteção ambiental dos Estados Unidos afirmar que a aproximação da tempestade tropical Gordon resultou na evacuação de 7,9% das plataformas tripuladas do Golfo do México, com a interrupção de 9,2% da produção de petróleo e de 9,1% da de gás natural na região.

No noticiário político , destaque para a denúncia apresentada pelo Ministério Público do Estado de São Paulo contra o candidato a vice-presidente pelo PT, Fernando Haddad, por corrupção pelo recebimento de R$ 2,6 milhões de propina da empreiteira UTC Engenharia. O dinheiro seria de um pagamento de dívida contraída durante a campanha eleitoral à prefeitura da capital paulista em 2012.

Destaque ainda para o Ibope, que deve ser divulgado hoje à noite, sendo mais um levantamento na série de pesquisas que será divulgada na semana e que conta também com o Datafolha e a XP/Ipespe. Na véspera, a pesquisa BTG Pactual/FSB mostrou um aumento das intenções de voto de Ciro Gomes e uma menor rejeição a Fernando Haddad, o que aumentou a aversão ao risco do mercado. Jair Bolsonaro segue na primeira posição em um cenário sem Lula, com 26% das intenções de voto.

Destaques da Bolsa

As ações da Petrobras devolveram os ganhos com o mau humor generalizado e ignorando a alta do preço do petróleo no mercado internacional. Do outro lado, empresas mais atreladas às exportações mantiveram os ganhos com o cenário de alta do dólar.

As maiores baixas, dentre as ações que compõem o índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 VVAR11 VIAVAREJO UNT N2 15,09 -7,42 -38,26 78,86M
 GOLL4 GOL PN N2 10,12 -6,81 -30,68 75,69M
 MGLU3 MAGAZ LUIZA ON 118,00 -6,69 +47,50 254,07M
 BTOW3 B2W DIGITAL ON 24,30 -6,25 +18,54 69,16M
 UGPA3 ULTRAPAR ON 40,06 -5,74 -45,26 95,92M

As maiores altas, dentre os papéis que compõem o índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 BRFS3 BRF SA ON 21,03 +3,09 -42,54 159,87M
 SUZB3 SUZANO PAPELON 50,39 +2,75 +170,91 277,45M
 MRFG3 MARFRIG ON 5,73 +2,32 -21,72 31,61M
 EMBR3 EMBRAER ON 19,83 +2,27 -0,37 36,18M
 EQTL3 EQUATORIAL ON 57,69 +1,26 -10,59 50,29M

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram:

 Código Ativo Cot R$ Var % Vol1 Vol 30d1 Neg 
 PETR4 PETROBRAS PN N2 18,65 -1,84 745,40M 1,06B 35.511 
 VALE3 VALE ON 52,00 -3,79 551,35M 762,95M 22.611 
 ITUB4 ITAUUNIBANCOPN ED 41,31 -0,86 484,72M 501,37M 24.253 
 ABEV3 AMBEV S/A ON 18,01 -3,33 352,18M 278,76M 28.406 
 BBAS3 BRASIL ON 28,64 -2,55 317,77M 347,42M 15.573 
 SUZB3 SUZANO PAPELON 50,39 +2,75 277,45M n/d 16.511 
 BBDC4 BRADESCO PN EJ 27,48 -2,25 254,29M 334,64M 24.978 
 MGLU3 MAGAZ LUIZA ON 118,00 -6,69 254,07M 202,17M 10.712 
 PETR3 PETROBRAS ON N2 21,52 -1,06 182,76M 199,39M 20.527 
 PCAR4 P.ACUCAR-CBDPN 76,11 -4,37 176,77M 99,36M 11.384 

* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)
IBOVESPA

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

Contato