Em mercados / acoes-e-indices

Com foco em público de baixa renda, MRV comemora desempenho histórico

Companhia teve o segundo melhor trimestre de sua trajetória

SÃO PAULO - Gestão, disciplina e atenção mercado. Essa é a fórmula que transformou a MRV Engenharia — construtora residencial com foco em público de baixa renda — na maior companhia da América Latina em número de unidades construídas e na terceira no mundo.

A busca da eficiência tem marcado a trajetória da empresa, que foi fundada há 38 anos, em Belo Horizonte, e hoje está presente em mais de 150 cidades brasileiras. “Há 10 anos, a MRV precisava de 10 operários para construir o equivalente a um apartamento por mês. Agora, nós precisamos de quatro e temos um projeto para chegar a 2,5”, disse Matheus De Avila Ferreira Torga, gestor executivo de relações com investidores da MRV, durante o programa 30 Minutos para se Aposentar com Ações.

Após um primeiro trimestre com lançamentos abaixo do esperado, a companhia concluiu o período seguinte comemorando o segundo melhor trimestre da história da marca, com R$ 1,7 bilhão em lançamentos. “E estamos confortáveis de que haverá continuidade no crescimento do volume de lançamentos”, frisou Torga.

Os números têm sido favoráveis também para os acionistas. No primeiro semestre, a companhia distribuiu R$ 310 milhões em dividendos, e a expansão do retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) de forma consistente gera expectativa de dividend yield de 6,6% para 2018. “A distribuição de dividendos poderá ser ainda maior que o patamar recente, dependendo do cenário futuro”, comentou o especialista da XP Marco Saravalle, que apresenta o programa, ressaltando que o papel está sendo negociado a um valor bem abaixo da média do Ibovespa.

Para saber mais detalhes sobre a operação da MRV e o desempenho de seus papéis na Bolsa, veja o 30 Minutos para se Aposentar com Ações.

Contato