Em mercados / acoes-e-indices

Fabricante de carros de luxo Aston Martin quer abrir capital na bolsa de Londres

Confirmada, a operação de abertura de capital pode levar a empresa a valer 5 bilhões de libras, cerca de US$ 6,4 bilhões 

Aston Martin
(Shutterstock)

SÃO PAULO - A fabricante de carros esportivos de luxo Aston Martin anunciou sua intenção de abrir seu capital (IPO) na bolsa de valores de Londres. A companhia fundada há 105 anos é a marca dos carros dirigidos por James Bond nos filmes do agente secreto 007. 

Se confirmada, a operação de abertura de capital pode levar a empresa a valer 5 bilhões de libras, cerca de US$ 6,4 bilhões. Em seu comunicado, a empresa britânica informou que deve publicar os detalhes da operação no fim de setembro. 

Na prática, a empresa vai negociar pelo menos 25% das ações pertencentes aos atuais proprietários, o fundo italiano Investindustrial e investidores do Kuwait. A fabricante alemã Daimler, que tem 4,9% do grupo, continuaria sendo acionista, segundo informações da Reuters.

A entrada na bolsa de Londres seria a maior do setor automotivo depois que a rival  italiana Ferrari fez o mesmo na bolsa de Milão, em 2016. 

A Aston Martin, que apresentou lucro no ano passado depois de 7 anos no prejuízo, está se recuperando e anunciou nesta quarta-feira (29) um aumento de 8% do volume de negócios, para 445 milhões de libras, cerca de US$ 580 milhões.  

No ano passado, a fabricante vendeu mais de cinco mil veículos, recorde desde 2008. Este ano, pretende produzir entre 6.200 e 6.400 carros, e quer bater a marca de 10 mil unidades a partir de 2020. Os carros foram vendidos no primeiro semestre a um preço médio de US$ 213 mil.

A marca vende 25% dos seus carros para a União Europeia e possui apenas uma fábrica na Inglaterra. Uma segunda planta deve iniciar as operações no ano que vem no País de Gales. 

Quer começar a lucrar investindo em ações? Abra sua na conta na Clear. 

Contato