Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa Futuro sobe acompanhando bom humor externo e de olho nas eleições

Pesquisas CNT/MDA e Ibope serão divulgadas nesta segunda-feira

Urna eletrônica
(José Cruz/Agência Brasil)

SÃO PAULO - Os contratos futuros do Ibovespa com vencimento em outubro subiam 0,52%, aos 76.900 pontos, às 9h09 (horário de Brasília) desta segunda-feira (20), em um dia mais tranquilo para os mercados no exterior diante da ausência de fatos novos sobre a guerra comercial e impulsionados por estímulos por parte do governo chinês, o que favorece as commodities. Por aqui, os investidores aguardam a divulgação de duas pesquisas eleitorais.

Às 11h00, será divulgada a pesquisa CNT/MDA e terá abrangência nacional. Em seu último levantamento, apenas com eleitores de São Paulo e desconsiderando Luiz Inácio Lula da Silva na disputa, Jair Bolsonaro (PSL) registrou 18,9% das intenções de votos, em empate técnico com o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que aparece com 15%. Ainda hoje, teremos também a pesquisa Ibope, encomendada pela Rede Globo e por "O Estado de S. Paulo". 

Do lado do câmbio, depois de atingir R$ 3,959 na máxima da semana passada, os contratos futuros de dólar com vencimento em setembro perdem força na abertura e subiam 0,04%, aos R$ 3,920, em vista do clima de maior aversão ao risco que domina o mercado. No mesmo ritmo, os juros futuros com vencimento em janeiro de 2021 e 2023 registravam ligeira alta de 2 pontos-base, aos 9,27% e 10,88%, respectivamente.

Bolsas mundiais

As bolsas mundiais sobem nesta segunda-feira, acompanhando o desempenho das bolsas asiáticas, com a ausência de fatos novos sobre a guerra comercial entre China e EUA e novas medidas de estímulos por parte da China. 

O regulador bancário da chinês ordenou aos bancos, a maioria deles estatais, que aumentem os empréstimos para projetos de infraestrutura, exportadores e empresas que enfrentam dificuldades temporárias, medida adotada às vésperas de mais uma rodada de negociações comerciais com os EUA. Na sexta-feira (17), autoridades dos dos países revelaram que estão traçando um roteiro para que negociações terminem com o impasse comercial em novembro, em um plano para conter a escalada da disputa comercial e impedir que o conflito mine o relacionamento bilateral e abale os mercados globais.

Às 9h10, este era o desempenho dos principais mercados internacionais:

*S&P 500 Futuro (EUA) +0,22%

*Dow Jones Futuro (EUA) +0,22%

*Nasdaq Futuro (EUA) +0,44%

*DAX (Alemanha) +0,97%

*FTSE (Reino Unido) +0,42%

*CAC-40 (França) +0,58%

*FTSE MIB (Itália) -0,14%

*Hang Seng (Hong Kong) +1,41% (fechado)

*Xangai (China) +1,11% (fechado)

*Nikkei (Japão) -0,32% (fechado)

*Petróleo WTI +0,02%, a US$ 65,92 o barril

*Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa chinesa de Dalian +1,71%, a 506,50 iuanes (nas últimas 24 horas) 

*Bitcoin +0,39%, R$ 25.500 (confira a cotação da moeda em tempo real)

Agenda da semana

Na agenda, destaque isolado para o IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15) referente ao mês de agosto. A GO Associados projeta alta de 0,15%, levando a inflação no acumulado em 12 meses a 4,32%. Segundo os economistas, a prévia da inflação continuará pressionada em função dos reajustes das tarifas de energia elétrica em uma série de capitais no Brasil.

Sem dia definido, o Ministério do Trabalho deve divulgar os dados do Caged referentes ao mês de julho. A GO Associados estima geração líquida positiva de 65 mil vagas de emprego formal no mês, após um mês de junho decepcionante, em função dos reflexos indiretos da greve.  Para conferir a agenda completa de indicadores, clique aqui.  

Clear oferece a menor corretagem do Brasil; Clique aqui e abra sua conta

Entre os dados externos, atenção para a ata da última reunião do Fomc, que será divulgada na quarta-feira (22) e pode trazer novas informações sobre a leitura da economia norte-americana e o processo de normalização dos juros. Além disso, saem as publicações das sondagens PMI industrial e de serviços e dos dados de vendas de casas na quinta-feira (23) e dos dados de pedidos de bens duráveis na sexta-feira (24). Para conferir a agenda completa de indicadores, clique aqui.

Destaque para o encontro de Jackson Hole, simpósio de bancos centrais a ser realizado a partir de quinta-feira (23). O mercado acompanhará com atenção eventuais sinalizações de Jerome Powell, presidente do Fed (Federal Reserve, o banco central norte-americano) que discutirá o tema “Política Monetária em Uma Economia em Mudança” na sexta-feira (24). O presidente do Banco Central Ilan Goldfajn teve sua viagem autorizada para participar do simpósio. 

Notícias da política

A coligação formada por MDB e PHS, que tem o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles como candidato à Presidência, decidiu, na noite de sexta-feira (17), contestar no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) a aliança formada em torno da candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB). Emedebistas identificaram que ao menos três siglas que se aliaram ao PSDB deixaram de atualizar as atas de suas convenções, o que teria gerado falhas na formalização do apoio ao tucano dentro do prazo legal estabelecido.

A movimentação põe em risco a estrutura construída pelo tucano para a corrida presidencial e a fatia a que sua coligação tem direito no horário de propaganda eleitoral gratuita em rádio e televisão, a partir de 31 de agosto. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o tucano pode perder 36% de seu tempo de TV. Falando em atualização de dados, a partir desta segunda-feira (20) todos os candidatos terão que detalhar sua relação de patrimônio entregue no momento do registro da candidatura no TSE.  

A segunda-feira também marca a repercussão no mercado do debate da RedeTV! realizado na última sexta-feira e que teve como ponto alto o confronto entre Jair Bolsonaro e Marina Silva. Confira a análise do debate clicando aqui. 

Vale destacar também que, na IMTV, o InfoMoney entrevistará às 10h, em parceria com a Um Brasil, o cientista político e professor da FGV Cláudio Couto. Confira a grade completa clicando aqui. 

Noticiário corporativo

A Petrobras confirmou um incêndio em sua refinaria em Paulínia, a Replan. As chamas já foram combatidas e equipes da Petrobras e do Corpo de Bombeiros continuam no local realizando o rescaldo. A produção foi preventivamente paralisada e uma comissão será instaurada para avaliar as causas da ocorrência. 

No âmbito dos preços, a estatal avalia que a nova fórmula proposta pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) para calcular o preço de referência para a concessão de subsídios ao diesel, a partir de 31 de agosto, poderia trazer risco de desabastecimento ao país. 

A AGU (Advocacia-Geral da União) recorreu ao TST (Tribunal Superior do Trabalho) para tentar derrubar liminar que impede o leilão de seis distribuidoras da Eletrobras, segundo a Reuters. No pedido de suspensão, a AGU argumenta que as distribuidoras são deficitárias e precisaram receber R$ 30 bilhões da Eletrobras nos últimos 20 anos. A AGU diz que a estatal não teria mais condições de injetar recursos nas distribuidoras e elas terão de ser liquidadas caso os leilões não ocorram.

A explosão na usina da Usiminas em Ipatinga (MG) na semana passada foi causada pela entrada indevida de ar atmosférico no gasômetro, informou a companhia com base no relatório preliminar de investigação sobre o acidente ocorrido em 10 de agosto. A explosão paralisou temporariamente alto-fornos e deixou 34 feridos.

A Usiminas foi elevada de neutral a overweight (acima da média do mercado, o equivalente a compra) pelo JPMorgan. O preço-alvo foi elevado de R$ 12,50 para R$ 14,50, o que implica potencial de alta de 83% em relação ao último pregão.

A Marfrig acertou a venda da Keystone para a Tyson por US$ 2,4 bilhões. O negócio contempla a venda de todos os ativos da Keystone Foods, exceto a planta de hambúrgueres de Ohio, com capacidade anual de 91 mil toneladas de produto processado. Segundo a empresa, a decisão de continuar com a planta “está em
linha com a estratégia da companhia de foco com crescimento em bovinos, incluindo a recente aquisição pela companhia de participação majoritária na National Beef Packing Company”. A transação deve contribuir para a melhora da estrutura de capital da Marfrig e está em linha com o objetivo de reduzir sua alavancagem financeira. A aquisição está sujeita à aprovação do BNDESPar e a Marfrig fará teleconferência com o mercado, em português, às 08h30 (de Brasília).

A CSN informou na noite de sexta-feira (17) que pagará um dividendo extraordinário de R$ 890 milhões, a partir de 29 de agosto. A remuneração faz parte do esforço da companhia para alongar seu passivo financeiro que permitiu ao mesmo tempo concluir o reperfilamento de dívida de curto prazo com o Bradesco. A CSN disse ainda ter sido informada de que sua controladora também chegou a um acordo para “alongamento estrutural e duradouro de suas dívidas”.

A Copel pretende definir dentro de três meses o seu plano de desinvestimentos,segundo reportagem do jornal Valor Econômico. A companhia está avaliando um conjunto de 20 projetos que podem ser colocados à venda, mas não detalhou quais empreendimentos estão sob estudo. 

O Ibovespa Futuro é um bom termômetro de como será o pregão, mas nem sempre prevê adequadamente movimentos na Bolsa a partir do sino de abertura

Contato